As Revistas e Suas Mentiras

Quem acreditava em realidade pode esquecer. Depois que inventaram os softwares de editoração, animação 3D e toda essa família de manipulação fotográfica, o impossível está a um passo. Que feia vira bonita, gordo vira magro, e coisas do gênero acontece, todo mundo já sabia. Agora a moda é montar foto de modelos.  Isso mesmo, montar modelos, como se fossem quebra-cabeças, pecinhas de um joguinho de divertimento. Eu até acho que pode ser divertido para quem está fazendo, mas aí caímos na barreira se isso é ético e legal. Imagine ter você o seu rosto pego de uma foto sua e juntado em um corpo de uma outra pessoa. Isso mesmo, tipo um Frankenstein.

Parece piada, mas não é! Mauricio Stycer explica melhor:

“Um filme documentário sobre a revista “Vogue” americana  e sua editora, a famosa Anna Wintour, está causando escândalo no mundo da mídia. “The September Issue”, de R.J. Cutler, exibido no Festival Sundance, revela que a foto da capa da edição de setembro da revista, com Sienna Miller, é resultado da manipulação de duas imagens – uma da cabeça e uma do corpo da atriz britânica.

Pintada como a bruxa Miranda Priestly em “O Diabo Veste Prada”, Wintour também lamenta, no filme, que Sienna seja “dentuça” e tenha muitas obturações nos dentes – o que exigiu ainda mais trabalho no Photoshop, o programa de computador usado para manipulação de imagens”.

Ou seja, em nome da estética tá tudo valendo. Se um rosto ficou meio de lado ou aquele perfil não ficou legal, mas o tronco tá excelente, é fácil, troca a cabeça. Arranca a cabeça fora com uma tesoura (ferramenta de corte nos softwares editores) e cola uma cabeça mais bonitinha, com um penteado mais moderno, ou uma maquiagem mais adequada com a data. O negócio é melhorar. Obviamente, tirar aquela sarda, suavizar marcas de expressão e arrumar os olhos, mexer na maquiagem, isso já é lugar comum. Tirar estria, celulite e culote então, é tendência. Daqui a pouco você recebe uma foto de uma mulher linda que conversou com você pela internet e dá de cara com uma vovozona no encontro pessoalmente.

“Conversei com um editor de arte de revistas de moda e estilo e ele confirmou algo que eu já suspeitava: não há novidade alguma nessa revelação do documentário sobre a “Vogue”. É muito comum o uso de mais de uma foto de uma mesma modelo para compor uma única imagem em revistas. Há casos, até, mais graves, de uso do rosto de uma modelo no corpo de outra. O Photoshop não apenas elimina imperfeições, mas ajuda alterar as formas – modelos com pés ou mãos muito grandes, por exemplo, aparecem nas revistas com formas perfeitas.

As fotos que serviram à montagem da “Vogue” são obra de Mario Testino – um dos mais famosos fotógrafos de moda do mundo. Não há grande nome nesse ramo, o que inclui Annie Leibovitz, por exemplo, que não tenha foto manipulada ou montada em revista. 

A novidade do filme “The September Issue” é tornar pública a manipulação. As revistas de moda, estilo e beleza não têm o habito de informar a seus leitores que as imagens que eles estão vendo passaram por radical processo de “melhoramento”. Deveriam fazer isso”. 

Eu não acho isso nem um pouco legal. Sei lá.. acho que isso é querer enganar o consumidor, passar a aparência de uma coisa MENTIROSA, de uma farsa, de uma ilusão. Imagem não é nada. Aparência é enganação. Essas mulheres, modelos não existem. Muitas delas são anomalias que você, ao ver pessoalmente, não acredita que podem ser as mesmas criaturas da foto. Aí, ao comprarem as revistas, milhares de mulheres, crianças e homens começam a perseguir aquele modelo de beleza inexistente, forjado, montado, mentiroso. Aí vemos aquela trilha da beleza imaginária, onde quem ganha é a mulher de olho claro, que não sabemos se é lente ou não e o galan da Malhação que tem barriga de tanquinho mas que não pode nem abrir a boca.

Bem, essa é a prova que quanto mais o CORPO SÃO, melhor é o editor de imagem das revistas.

Até aonde vale a corrida da beleza???

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s