O que Podemos Aprender com a Microsoft?

Nos últimos dias eu estive lendo um livro que peguei na Biblioteca da ArmRebel chamado “Os Segredos da Microsoft – Os Bastidores da Empresa Mais Criativa e Bem-Sucedida de Todos os Tempos“. O livro é de 1998, mas muita coisa nele abordada é muito atual e todos os temas abordados 

microsoft

por Julie Bick, devem ser estudados e considerador por toda empresa que pensa em vencer no século XXI. Julie tem uma forma de escrever 

muito dinâmica e bem-humorada, onde todos os Princípios abordados no livro são implementados por algumas histórias,  muitas delas que encontramos no dia a dia.

O livro é dividito em partes como: Tudo que eu precisava aprender sobre como gerenciar um negócio aprendi na Microsoft; Tudo que eu precisava saber para executar bem meu trabalho eu aprendi na Microsoft; Tudo que precisava saber para ser uma boa líder aprendi na Microsoft; Tudo que eu precisava saber sobre comunicação eu aprendi na Microsoft, e finalmente, Tudo que eu precisava saber para administrar minha carreira eu aprendi na Microsoft. O livro é pequeno, mas ilustra inúmeros princípios e cultura dos Microsofties (funcionários da Microsoft).

Eu vou fazer um pequeno resumo sobre os pontos que eu acho que devem ser levados (mais) em conta e oas lições que podemos tirar com a cultura Microsofot.

1. Coma a Ração Canina, não Acredite em seus Próprios Press Releases. Você deve conhecer o seu produto a fundo. Tanto os mais novos, quanto os antigos e consagrados. Você precisa utilizar o seu produto e conhecê-lo mais do que qualquer um como usuário, funcionário e APAIXONADO POR TECNOLOGIA. Não importa se ele ainda está em fase de testes com vários erros, se ele é uma porcaria, ou se é a menina dos olhos da empresa. Teste e estude o seu produto.

2. Analise seus Erros e Permita que as Pessoas Falhem. É aqui que entra aquela conhecida histórinha da Microsoft, em que um gerente, todo alegre envia a sua equipe um e-mail dizendo que o produto deles tinha ganhado nova entre dez prêmios oferecidos. A resposta, todo mundo já conhece, foi o questionamento da equipe sobre qual prêminho não haviam ganhado e por que. Se já erramos, deu errado nós devemos aprender com isso. Seja através de atitudes que NÃO DEVEM ser repetidas ou através de um case sobre o problema e como isso poderá ser uma vantagem no futuro. Permitir que as pessoas falhem é ENCORAJAR-LAS a ACEITAR cada vez mais DESAFIOS sem o medo da recriminação ou do fracasso. Até as melhores pessoas podem entrar em projetos fracassados e ninguém está a salvo de ter um projeto falho. Pior do que a certeza do erro é a expectativa do sucesso. Ter certeza de uma falha é cuidar para que ela NUNCA MAIS SE REPITA. Na Microsoft, pessoas que falharam, entraram em projetos que não deram certo e tiveram esse tipo de experiência, geralmente acabam sendo promovidas, pois a Microsoft SABE que um fracasso contribui para o aprendizado de seus funcionários. Não tenha medo de dar errado ou falhar. ERRAR É HUMANO, APRENDER COM OS ERROS É OBRIGATÓRIO!!

3. Deixe que Seus Funcionários Ouçam os Clientes. Precisa mencionar que os funcionários tem que ter um relacionamento plus com os clientes?? NÃO. Todos na empresa devem se envolver com os clientes, devem se especializar cada vez mais em relacionamentos produtivos com os clientes. Relacionamento, atenção é o mínimo que uma empresa pode fazer para continuar viva.

4. Um Cliente, Uma Mensagem. Uma mesma coisa pode ter significados diferentes para clientes diferentes. Um produto é apenas um produto, até que você explique ao seu cliente o para que ele precisa dele. E, raramente, as razões e as necessidades são iguais. Isso é 1-a-1. Tratar cada cliente como um indivíduo e não como parte do todo.

5. Aja Como um Líder. Empresas precisam de LÍDERES, não de funcionários, que simplesmente são mais um número e não uma cabeça. Empresas precisam de pessoas que não tenham medo, que assumam riscos calculados e que leve o projeto até o final, que não espere que ninguém delegue as funções e esteja sempre pronto para as mudanças.

6. Pense Três Lances à Frente. Eu não jogo Xadrez, mas acredito que esse deve ser um ensinamento que todo enxadrista deve aprender desde cedo. NUNCA se empolgue com a alegria e com as possibilidades imediatas. Pense sempre na frente, na Sexta-Feira, ou seja, no final das coisas. Pense NOS MÍNIMOS DETALHES, nas POSSIBILIDADES  e faça o milagre de PREVER O FUTURO. Pense sempre no dia de depois de amanhã, na semana que vem, em Dezembro, ou seja, NUNCA PENSE APENAS NO AGORA! O longo prazo é o que irá assegurar o seu sucesso.

7. Coloque suas Idéias em Prática. Aquele que fala e não faz, não sabe nada. Falar e não fazer é não saber. Fazer e não falar é dar EXEMPLO. A vida é feita de exemplos, coloque as suas idéias em prática mesmo que elas demorem mais de cinquenta anos pra ficarem prontas. Nunca abandone os seus sonhos, nem as promessas que você se fez. Nunca se esqueça do velho ditado, “falar é fácil, fazer é difícil“. Faça primeiro, fale depois. Começe e apenas comece. Mesmo que com poucos recursos, pouca tecnologia, pouca gente, comece e depois aprimore, melhore e cresça. As suas idéias e seus sonhos DIFICILMENTE sairão prontos, da forma que você sempre imaginou. Comece com pouco e transforme-se no que você sempre sonhou gradativamente.

8. Tenha Sempre Pronto o seu Discurso de Elevador. Nós nunca sabemos onde encontrar pessoas que podemos falar sobre os nossos negócios, sobre a nossa empresa e sobre o nosso produto. No livro Alta Performance em Vendas, esse “discurso de elevador” é chamado de discurso de 30 segundos e eu acredito que ele não serve apenas para o elevador. Uma venda pode ou não ser feita nos primeiros 30 segundos, por isso, você deve vender a sua empresa e o seu produto no primeiro minuto. Caso contrário, prepare-se para um possível NÃO.

9. Mergulhe no seu Concorrente. Na época em que o Lotus 123 e o WordPerfect, concorrentes da Microsoft dominavam o mercado de aplicativos de escritório, os gerentes do Word e do Excel tinham até as fotos das pessoas que ocupavam a mesma posição do que ele na concorrência. Imagina você, com a foto da pessoa que exerce a mesma função que você na empresa, “observando você trabalhar”. Isso dá gás aos funcionários, aos desenvolvedores, e a toda equipe. Os caras da Microsoft sabiam o nome da esposa, dos filhos, da mãe, irmã, pai, avô e etc., além da data de aniversário dessas pessoas. Na Microsoft existem cargos para pessoas estudarem a concorrência, MERGULHAR no produto, usar o produto, entrar em comunidades de quem AMA o produto e saber o que o faz tão TESÃO. A sua empresa se importa com a concorrência ou vocês ainda estão no aceano vermelho?

10. Antecipe as Perguntas que seu Chefe Fará. Depois que você tiver estudado sobre um determinado produto, apresentação ou proposta, estude-o novamente e coloque-se no lugar do seu chefe, pense nas perguntas que provavelmente ele irá te fazer, procure falhas na sua apresentação, erros nos seus relatórios, problemas nas suas próprias propostas. Coloque-as em cheque por você mesmo. Assim, quando os “porquês” começarem a surgir, você saberá muito bem as respostas, tanto para o seu chefe, quanto para seus clientes.

11. Ninguém Precisa Saber Tudo. Não há problema nenhum em ser pego de surpresa por uma pergunta ou questionamento que você simplesmente não sabe a resposta ou não sabe como funciona. Ninguém nasce sabendo de tudo e as “saias justas” são oportunidades de aprendizado em dobro. Primeiro, por que podemos ser supreendidos por falta de preparação e assim, aprendemos a nos dedicar mais; segundo, por que temos a oportunidade de buscar a resposta e aprendermos uma coisa que não tínhamos conhecimento. A grande sacada ao não saber como responder uma dúvida, ou algum questionamento é buscar a resposta. Mesmo que a resposta não possa ser imediata, faça contato, fique disponível e BUSQUE A RESPOSTA. Quando não souber alguma coisa, a sua atitude deve ser, “não sei, mas vou descobrir”, e descubra. Depois de descobrir, responda ao dono da dúvida e divulgue o conhecimento.

12. Seja bem-humorado, criativo e instintivo. Essas são características que podem transformar um funcionário médio em uma “estrela”. O bom-humor pode livrar-lhe de enrascadas, de armadilhas e de incidentes que você mesmo possa cometer. Ao cair no chão, o cara que levanta emburrado leva muito mais risadas e ouve muito mais sacanagem do que aquele cara que começa a rir de si mesmo, levanta e faz uma piada. A criatividade é o que vai fazer com que você reinvente a sua forma de trabalhar transformar os seus dias de trabalho em coisas novas, contribuir para o crescimento da empresa, ajudar na evolução daqueles que trabalham ao seu lado. O instinto, muitas vezes pode valer mais do que as informações e os fatos, anteriormente comprovados. Seguir os instintos significa que você tem conhecimento dos dados, dos fatos e das ordens, mas a sua intuição lhe diz, em um determinado momento que seguir um outro caminho seria válido. Combine, junto com a decisão dos especialistas, uma pitada do seu instinto. Muitas vezes, só você sabe o rumo que as coisas estão tomando e, sabe o que fazer para equilibrar ou melhorar a situação. Use o instinto para, se preciso, quando preciso, dar a volta por cima em uma situação, ganhar uma venda, marcar uma reunião com o cliente e fazer a empresa crescer. Informações e instinto devem andar de mãos dadas.

13. Seja um Divulgador de Soluções, não Problemas. Ao surgir um problema, não alardeie a empresa toda por causa do problema, comece a trabalhar na sua solução. Pense na solução e não no problema. E, ao dar as notícias do problema, fale sobre ele mas proponha a sua solução. A proporção do problema será bem melhor e as pessoas, ao ouvir a sua possível solução, ficaram aliviados e poderão ajudar na melhoria da idéia, na execução da tarefa. Isso, por que o impacto de um problema foi MINIMIZADO pela apresentação de uma solução. Mostre soluções, exponha soluções com todos e nunca foque os problemas!!

14. Seja o Chato de sua Equipe. Eu agradeço a todos os meus amigos e colegas de trabalho por me chamarem de chatos. Devemos ser o Advogado do Diabo, o bonzinho na pele de mau. O mercado não perdoa, é implacável. A chance da melhora, do aperfeiçoamento, do melhoramento é a cobrança, as perguntas, a chatice do cara enjoado que quer o bem de todo mundo, que quer ver o negócio funcionando sem maiores falhas. O chato é o firewall da empresa. Ele é a parede de fogo que faz com que a idéia amadureça, que as pessoas aprendam e que o sucesso esteja um pouco mais perto. Faça perguntas, critique idéias que você acha descartáveis, reclame sempre e COBRE MUITO. Os legais sempre agradecem aos chatos pelo seu toque peculiar aos projetos.

15. Conheça Você Mesmo. Seja Você Mesmo. Saiba de suas limitações, estude suas falhas, aperfeiçoe-se constantemente, busque a melhora e o aprimoramento, siga o caminho da verdade e do empreendedorismo. Quebre as máscaras sobre seu rosto TODAS AS MANHÃS. Seja você!!

16. Dez Maneiras de Equilibrar o Trabalho e a Vida Pessoal, por um Microsoftie. 

“1. Mantenha o hábito de marcar um encontro à noite, no meio da semana, com aquela pessoa que é importante para você;

2. Combine um encontro com um amigo na academia (não só lá, mas em outras atividades que você pratique). Você terá menos chances de não ir naquele dia se souber que há alguém esperando por você;

3. Inscreva-se para ajudar em algum programa de caridade ou para participar do conselho de algum deles;

4. Faça um curso noturno de algo que não tenha relação com o seu trabalho, como por exemplo, ioga;

5. Volte para casa às seis, jante com a família, ponha as crianças na cama e DEPOIS responda seus e-mails;

6. Compre ingressos antecipados para concertos ou teatro. Você se sentiria tão culpado jogando o dinheiro fora que, com certeza, não perderia o espetáculo;

7. Escolha dois dias da semana para sair às seis horas. Fique até a hora que precisar nas outras três noites. Isso funciona melhor se você for solteiro;

8. Nunca programe uma reunião para antes das 08:00h, nem para depois das 17:00h. E de maneira alguma nos fins de semana;

9. Planeje viagens de fim de semana. Contrate alguém para fazer as pequenas coisas que você vai acabar pondo de lado;

10. Os Microsofties só conseguem pensar em nove maneiras diferentes“.

Enfim, eu altamente recomendo a leitura desse livro para termos equipes mais conscientes de sua missão no grupo. Não é por acaso que no legado da Microsoft temos outras grandes empresas INOVADORAS. Apple, Google, Yahoo, e mais um monte de gente que sabe o verdadeiro valor de criar paixão ao invés de cumprir horário de serviço ou apenas ser mais um número.

Estou indo agora buscar o próximo livro e material de estudo por mais uma ou duas semanas…

Acorda!! Tá na hora de mudar o mundo…

3 pensamentos sobre “O que Podemos Aprender com a Microsoft?

  1. Grande Enrico,

    Pela tua avaliação do livro ele é mesmo muito bom. Lições de casos que realmente aconteceram funcionam melhor que recomendações de gurus que nada sabem na prática. Quando passar numa livraria procurarei por ele.

    Valeu pela dica!

    Abraço!

  2. Boa noite Enrico, achei super dinamico este comentario,eu me interesei por este livro, hora estou lendo de Saulo Ramos Código Da Vida muito interessante, caso possa veja o valor deste livro para mim.
    Um forte abraço

    Geraldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s