Acontece nas Melhores Equipes…

Nenhuma equipe está a salvo das crises. Funcionários, muitas vezes, aparentam ser de uma maneira e, depois de um certo tempo podem concretizar uma falsa promessa.

Funcionários são contratados pelo que fizeram e pela promessa de realização futura. Porém, o tiro pode sair pela culatra. Curriculum e entrevista de empregos podem facilmente sabotados e, pode ser que, o funcionário não renda e não chegue nem perto da expectativa da empresa que o contratou.

Outrossim, você pode ter a MELHOR equipe de trabalho do mundo. Mesmo assim, ninguém está a salvo para sempre.

A crise pode surgir por conta do ambiente interno (funcionários, rendimento, inveja, comparação, compromisso, determinação, pontualidade, metas, raxa na equipe e TUDO mais que você possa imaginar). Motivos para uma crise abalar uma equipe de trabalho não faltam e, podem surgir quando se menos imagina.

Fatores externos também podem surpreender uma equipe. A crise, que pode surpreender até a melhor equipe do mundo; um cliente que deu um calote e não pagou pelo que comprou; alguma notícia política ou informação sobre a área de atuação; reclamações e etc. Do mesmo jeito que uma crise influenciada por fatores internos, também os fatores externos podem vir de todos os lados e, surgir quando menos se imagina. Mesmo quando tudo está num mar de rosas…

E como ficam os líderes nisso tudo? Qual é o comportamento que eles devem adotar nessa brincadeira toda? Abaixo, algumas dicas de como reagir a uma crise dentro de sua equipe de trabalho.

Lembre-se, que como líder, VOCÊ é o responsável pelo exemplo.

1. Acalme-se. Com certeza, você já ouviu isso muitas vezes de seus colegas, pais, cônjuge. E com razão, pois, quando você fica nervoso, frustrado, desapontado, essas emoções começam a desligar algumas partes de seu cérebro, inclusive aquelas responsáveis por analisar, raciocinar e resolver problemas. Por isso a importância de se acalmar. Respire fundo, ouça o que todos têm a dizer sobre a questão e pense apenas nas possíveis soluções.

2. Tenha confiança em si. Quando as coisas dão errado, é natural se culpar. Não alimente esse sentimento, pois você já viu os malefícios da frustração no primeiro item. Concentre-se no fato de que você pode fazer qualquer coisa se colocar sua mente e coração nisso. Lembre-se das vitórias que já teve em sua carreira;

3. Ouse seguir em frente. O medo de fracassar, de piorar as coisas, faz com que as pessoas entrem em choque e não consigam fazer nada. Seja o medo de falar com o diretor-geral ou de lidar com clientes insatisfeitos, não importa, a única maneira de parar de ter esses problemas é enfrentando-os;

4. Assegure-se de que você conhece os fatos. Você não pode resolver um problema se não souber exatamente o que ele envolve. Durante crises, é comum as pessoas irem atrás de soluções para questões acessórias ou conseguir dados que não auxiliam em nada. Pergunte-se qual é a questão central do problema, consiga informações exatas antes de se desesperar;

5. Assuma o controle. Não importa o quão grave seja a crise ou quem ela atinja, aprenda a assumir a responsabilidade total sobre ela. Líderes devem assumir a responsabilidade até para ter poder para encontrar e aplicar as soluções. Não perca tempo culpando outras pessoas, assuma sua responsabilidade pelo que vai acontecer dali para frente. Isso ajuda sua mente a focar e seus pensamentos permanecerem claros para encontrar a melhor solução.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s