Os Princípios da Liderança.

Toda liderança precisa de princípios, de comportamentos norteadores. A liderança não é um simples dom, mas sim um comportamento que precisa ser aprimorado, melhorado e desenvolvido.

Com metas e objetivos que guiam a conduta, a liderança pode ser aperfeiçoada se corretamente exercitada e guiada por propósitos claros e bem definidos.

Liderança não é apenas hierarquia, mas sim empatia, pró-atividade, empreendedorismo e muito envolvimento com equipes de trabalho. Lidar com as pessoas não é assim tão fácil. Pessoas, funcionários e cargos, muitas vezes acabam sendo afastadas e, assim, o líder acaba sendo apenas o chefe, o gerente, o cara chato que vive cobrando. O líder que é movido por princípios e por uma busca incessante da excelência, tem de saber conviver com conflitos e comunicar-se com toda a equipe.

A seguir, vão alguns princípios que um líder deve seguir:

1. Criar uma visão. Essa é básica, mas não custa nada reforçar, afinal de contas, eu sigo a linha de que se você precisa comunicar 10 vezes uma mesma mensagem, comunique 10 vezes. Sem criar uma visão de futuro, dificilmente você conseguirá extrair de sua equipe o melhor deles e dificilmente você atenderá o que seu cliente necessita. Líderes precisam estar focadas na estratégia e em questionar o status quo vingente. Durante esse processo, é vital que sua equipe seja seja envolvida e compreenda o sentido e o significado que a sua visão de futuro possui;

2. Fazer acontecer. Como líder você deve ajudar a sua equipe a vencer as dúvidas e os obstáculos para alcançar suas metas. Todo projeto e toda inovação é carregada de incertezas. Diante disso, o líder deve funcionar um facilitador para que sua equipe não seja paralisada pelo medo de errar ou de seguir em frente. Ajude sua equipe a viver o agora e a projetar o futuro focando nas oportunidades e não nos problemas. Estabeleça um conexão entre o saber e o fazer;

3. Construa sua equipe. É papel do líder identificar as pessoas e as habilidades necessárias para vencer os desafios. Construa uma equipe em que as habilidades se complementem. Escolha pessoas que acreditem na visão que você desenvolveu. Escolha quem QUER participar do seu sonho e não aqueles que apenas precisam. Para isso, o líder também deve ser uma pessoa que atraia talentos para sua equipe;

4. Forme novos líderes. Isso tem a ver com a sustentabilidade e a longevidade da empresa na qual você trabalha. Garanta que no longo prazo a sua empresa possua pessoas talentosas que terão as competências necessárias para que sua empresa continue crescendo;

5. Utilize Redes Sociais. Importante para você aumentar sua rede de relacionamento e assim aumentar a troca e o compartilhamento de idéias. Crie um blog, entre no Twitter. As Redes sociais são um excelente instrumento de comunicações porque elas aproxima as pessoas e criam um canal de comunicação multilateral. Isso também ajudará você a se comunicar com os funcionários da geração Y;

6. Faça mais com menos. Você já deve ter ouvido a frase “A necessidade é a mãe de todas as invenções”. Se não houvessem restrições de recursos, nós não precisaríamos de líderes. As restrições fazem com que nós exercitemos a nossa criatividade e passemos a buscar soluções inovadoras. Pense na tecnologia como ferramenta para fazer as coisas de forma diferente e não apenas para tornar os sistemas mais eficientes;

7. Pense nas pessoas como sendo seu recurso mais valioso. Não é novidade para ninguém que estamos passando por uma mudança de época. Mudanças de épocas ocorrem quando há mudança da força motriz da economia. Na revolução agrícola, a força motriz era a força física humana em que você tinha que puxar o arado ou empurrar um engenho para moer cana. Na revolução industrial, a força motriz eram as máquinas montadas em linha de produção. Na nova economia, a força motriz é o conhecimento e a capacidade de inovar e isso só é possível através das pessoas. Portanto, saiba valorizar as competências dos seus funcionários e saiba celebrar cada vitória alcançada para que seja construído um clima organizacional onde as pessoas sintam-se cada vez mais confiantes e capazes de enfrentar novos desafios. Valorize e forme talentos independentemente da conjuntura econômica. Em momentos de crise, investir em pessoas lhe dará uma vantagem competitiva maior quando houver retomada da economia;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s