Uma Receita de Ano Novo.

“Somente existe o presente (…) e tudo o que eu tenho, eu seguro em minhas mãos.

Nós estamos fugindo da terra das promessas quebradas”.


E 2009 chega ao fim. Um ano de inúmeros desafios, erros, aprendizados, mais desafios e, oportunidades disfarçadas de problemas.

Eu comecei 2009 com um presente. Me mudei, em 08 de Dezembro de 2008, de mala e cuia para a maior cidade brasileira, São Paulo, a terra da garoa, onde as coisas acontecem, onde residem as oportunidades, os conhecimentos, as pessoas mais “diferentes” dessa país.

E eu tinha muitos desafios pela frente: iniciar uma jornada em um lugar desconhecido, onde eu não tinha amigos, não tinha parentes e, onde fui super bem recebido e, em pouquíssimo tempo já me sentia em casa. Felizmente, eu conheci pessoas geniais. Pessoas que se tornaram amigas, companheiras e, de uma certa maneira, substituíram um pouco minha família por lá.

Se os finais de semana eram curtos demais para estar com a família, a semana passava ainda mais rápido com tantas tarefas, com tantas metas, e muita, muita coisa pra aprender. Em pouco tempo, eu estava me sentindo como um legítimo paulistano. De um lado, a saudade. Do outro, a possibilidade de participar da criação de algo que fosse um pouco meu também.

Quando eu disse, por aqui no ano passado, que eu queria que 2009 fosse o ano de renascer, de construir das cinzas o nosso ovo, eu queria que pudéssemos aprender com os erros, que pudessemos construir alguma coisa fazendo sempre mais do que podemos. Eu queria um ano INCOMODADO. Que fosse um ano onde os erros fossem fontes de aprendizados e que as derrotas fossem a força que impulsionasse todos à vitória.

E aconteceu mais ou menos assim. Começamos o ano em meio à crise. Crise que, mesmo que estivéssemos lutando e trabalhando para ocultar, acabou com muitas empresas, com lares e famílias. MAS, que devido a muita luta, muita garra, muito aprendizado, conseguiu ser superada e, muitos, conseguiram encontrar, reinventar e aprimorar o que faziam para uma nova era: A Era do Conhecimento, onde informação vale mais do que trabalho braçal; a Era das Pessoas, onde boa vontade em aprender e a garra de vencer desafios vale mais do que diplomas e cursos; a Era do Eu Sozinho, onde livros, internet, mídia social e conversas, podem ensinar, MUITO MAIS DO QUE SALA DE AULA.

E, muita gente aprendeu isso e conseguiu sair vitorioso em 2009. É a vitória de uma nova maneira de aprender as coisas. Uma vitória de FAZER DIFERENTE, e não apenas fazer. FAZEJAMENTO sem reflexão é perda de tempo. REFLEXÃO sem FAZEJAMENTO é sonho. E eu não quero ninguém perdendo seu tempo com sonho. E foi assim que as pessoas sairam da crise.

Com força, com reflexão, com muita garra. Saíram da crise, de suas cinzas, com um novo aprendizado, uma nova consciência. Fizeram das cinzas o ovo para RENASCEREM. E conseguiram…

E assim, a fênix me acompanhou por todo 2009. Para aquele que tem muito a aprender, tem sede de inovação e está sempre procurando oportunidades, mesmo que disfarçadas, aprender com erros, com falhas, é uma GRANDE OPORTUNIDADE.

E foi na prática, através de muita reflexão após dias de fazejamento que eu descobri que trabalhamos e guiamos nossa vida conforme aquilo que desejamos, aquilo que escrevemos, e aquilo em que acreditamos. E por isso, 2009 não poderia ter sido melhor.

Eu descobri, na prática, que quando disse que 2009 era o ano da fênix, não sabia que esta seria a mais bela representante de toda revolução que estaria para acontecer por todo o ano. Aprender, fazer, refletir. Essas foram as ações indispensáveis para que um simples ano fosse representado por inúmeras oportunidades de crescimento.

E eu não as desperdicei. Sabendo que, em cada oportunidade, em cada desafio, em cada circunstância, eu mergulhei, em Dezembro de 2008, em um projeto que, ou MUDARIA a minha vida, ou MUDARIA a minha vida.

E a primeira parte de 2009 foi pautada pura e simplesmente nisso. Em aprender, em me atualizar, em fazer o que era preciso, em exercer a liderança. Essa foi a mensagem do primeiro trimestre de 2009. Trabalhar pra APRIMORAR minhas habilidades.

E eu cresci. Cresci porque estava morando sozinho. Cresci, por que estava longe e precisava me virar. Cresci porque estava totalmente apaixonado por aquilo que estava fazendo. Tão apaixonado que fiquei muito triste ao saber que tudo aquilo acabaria.

E essa foi a grande segunda lição que aprendi em 2009. Não importa o quanto você está envolvido, está comprometido com as coisas, quando algo sai errado, quando alguma coisa acontece, sempre sobrará um pouco de responsabilidade para você.

Mas… ainda tinhamos mais oportunidades. MAIS desafios pela frente. MAS, descobri que, se você não estiver interagindo em total sinergia com o que está fazendo, as coisas podem se sair péssimas.

Fazer uma coisa com paixão, entusiasmo; e fazer essa mesma coisa, por obrigação, sem vontade, FAZ TODA A DIFERENÇA. E, infelizmente, foi na prática que pude aprender isso. Fazendo de corpo, mas com a cabeça em outro lugar.

Quando o projeto que me levou para São Paulo acabou, eu achei que ainda poderia me encontrar em outro lugar. E assim, me enganei por um bom tempo nisso, achando que apenas o fato de estar em uma grande cidade já bastava. Mas isso não era verdade. E as coisas estavam péssimas.

Foi quando eu percebi que não valia mais a pena. Não valia me sacrificar por uma coisa que não estava me fazendo bem. Uma coisa pela qual eu não acreditava. Uma coisa pela qual eu não estava em sinergia. Não estava comprometido. E da mesma maneira, não me sentia tão necessário.

Daí vem mais um aprendizado. TESÃO e RECONHECIMENTO. Só vale a pena fazer uma coisa pela qual você tem tesão em fazer, e pela qual as pessoas lhe reconheçam. Caso contrário, trabalho será apenas trabalho.

E quando tudo estava ficando escuro, eu voltei. Voltei pra minha cidade.

Voltei com inúmeros amigos, com inúmeras pessoas que transformaram minha vida, me ensinaram alguma coisa. Voltei com inúmeros aprendizados, inúmeras lições de vida que, só vivendo para aprender. Voltei com gás, com energia e cheio de propósito para criar alguma coisa, e injetar ali, tudo que consegui aprender com o que deu certo e com o que deu errado em 2010.

Se por um lado, deixei amigos para trás, há alguns quilômetros de distância, por outro reavi os que aqui havia abandonado. Se por um lado a carreira na grande cidade ficou de lado, por outro, ter a família e os entes queridos por perto me deixou cheio de energia.

E assim, colocando em prática tudo que eu aprendi, eu fui crescendo, fui aprimorando e, em várias vezes durante 2009, tive oportunidade de renascer das cinzas.

Voltei para ajudar e trabalhar no escritório que sou sócio. Trabalhar na estratégia, no planejamento, traçando metas e objetivos para o crescimento.

Voltei, com uma decisão, pelo menos temporária, que eu teria que trabalhar naquilo que fosse meu. Em uma coisa que dependesse TOTALMENTE do meu esforço e força de vontade. Que fosse o reflexo da minha garra, da minha disposição e da minha vontade de fazer diferente. E assim, em meados de Dezembro, já no finalzinho do ano, nasce a R4 Refeições e Fast Food.

A R4 é a oportunidade de colocar na prática, coisas que aprendi na teoria e, tem sido, de certa forma, uma maneira de realizar, de construir alguma coisa. Agradeço a tudo que eu vivi, aos meus amigos e familiares, que sempre me apoiaram, que foram o motivo de tudo isso ter dado certo. No momento certo, irei falar mais sobre esse projeto, que já se tornou realidade.

Eu continuo sendo apaixonado pelas mudanças. Por isso, estou sempre trabalhando junto com elas. Serei sempre incomodado, mas nunca arrogante. A humildade está marcada em mim e, eu tenho plena consciência de que, sou o único responsável por construir o caminho que quero percorrer.

Sou grato aos erros, aos desafios, às pessoas e as falhas de 2009. Foram graças a elas que fui capaz de aprender com os erros e, por inúmeras vezes, ressurgir das cinzas.

E assim, surge 2010.

2010 é o último ano da primeira década do segundo milênio. E pra fechar com chave de ouro, será o ano em que as expectativas serão superadas pelo sangue nos olhos. Através de muito trabalho, dedicação, estudo, força de vontade, sentido de urgência, vontade de fazer o que precisa ser feito e muita garra, será o ano em que todas as expectativas serão alcançadas e superadas, com muita paixão e sangue nos olhos.

Sangue nos olhos de garra, determinação, incomodismo para realizar e transformar objetivos em realidade. Paixão, compaixão, solideriedade e humildade, para não deixarmos, DE FORMA ALGUMA, as oportundiades passarem, para não deixarmos de realizar um trabalho extraordinário, para transformar as pessoas que estão ao nosso redor em pessoas melhores, para assim, com muita humildade e determinação, consigamos mudar o mundo para melhor, consigamos dar nossa contribuição para um país mais igual, mais trabalhador, mais correto, e menos corrupto, menos ladrão, menos vigarista.

Compaixão, para que sejamos capazes transformar o país da lavagem de dinheiro, do dinheiro na cueca, na meia, no país dos guerreiros, no país das pessoas de bem, no país dos jovens empreendedores, no país da inovação, no país do resultado e no país do agora, não no país do futuro.

Que em 2010 sejamos brilhantes para receber 2011. Que tenhamos serenidade, sobriedade e MUITO empreendedorismo para celebrar vencedores.

Que o Brasil seja um país melhor, para fazer jus a sede de Copa do Mundo e Olimpíadas. Que todos os guerreiros desse país de inspirem nas criancinhas que nada têm, mas mantêm vivas o sonho de ser alguém, quando crescer.

E que cada criança saiba que, o futuro é delas e, cabe apenas a elas colocar os sonhos no papel para que eles se transformem objetivos e assim em metas que possam ser cumpridas.

Que sigamos os exemplos dos guerreiros. Que tenhamos brilho nos olhos e energia suficiente para fazer com que o país do futuro possa adiantar o futuro para o presente. Que possamos trabalhar para acabar com a roubalheira, com o dinheiro na cueca, na meia, com a lavagem de dinheiro, com o caixa dois.

Que a juventude tenha o exemplo de um Brasil que trabalha por uma causa, por um propósito. Que em 2010, o brilho nos olhos, a força de trabalhar, a vontade de vencer, o incomodismo e o sentido de urgência guie nossas mentes empreendedoras para, que com sangue nos olhos, nossas expectativas possam ser superadas. E assim, iniciarmos uma nova década de realização.

Esse será meu norte a partir de algumas horas. FAZER, APRENDER, REFLETIR. CRIAR, INVENTAR, DESTRUIR. Essas serão as palavras que terão o poder de transformar, através de atitudes, o ano de 2010 em um ano que seja possível mudarmos o mundo para melhor.

Que venha 2010 com toda sua beleza! Que as lições de 2009 possam ser eternizadas por toda a nossa jornada, para que como a fênix possamos sempre que preciso renascer e transformarmos nossas vidas. Que em 2010 sejamos fortes para trabalhar e arrombar as portas que, por algum acaso, não se abram para nós.

Que com saúde, humildade, retidão e muita vontade de fazer o que precisa ser feito, sejamos a geração da realização.

Nos vemos em 2010! Que 2010 seja o ano em que expectativas sejam superadas por sangue nos olhos!!

Um fraternal abraço a todos,
Saudações Empreendedoras.
Enrico Cardoso.

Princípios, uma Questão de Princípio

O caminho mais fácil é sempre o mais difícil; aquele que o escolhe, pode ter certeza que sempre dará de cara com o lobo mal.

A nossa vida é feita de princípios: coisas que acreditamos que nos torna dignos e características que influenciam nossas ações e a nossa postura na sociedade em que vivemos. Nós podemos escolher princípios sólidos e íntegros que podem nos fazer ser reconhecidos como pessoas sérias e éticas. Porém, como o livre arbítrio é nosso, podemos também, escolher levar uma vida sem escrúpulos e de uma forma duvidosa, olhando apenas para a nossa vantagem.

Porém, o caminho que parece ser mais curto, geralmente torna-se o mais longo e árduo, pois aquele que toma atalhos em sua vida pode ter certeza de que será cobrado lá na frente. Eu escolhi, para pautar a minha vida, seja no relacionamento com outras pessoas, seja nos negócios, seja em qualquer coisa que eu coloque o meu nome, princípios de vida que, tenho certeza, podem tornar as pessoas melhores. São eles: AMOR, AMIZADE, IDEALISMO, CORAGEM, ESPERANÇA, TRABALHO, HUMILDADE, SABEDORIA, RESPEITO e SOLIDARIEDADE. Falemos mais detalhadamente sobre cada um deles para RESSALTAR a sua importância na construção do nosso caráter.

 

1. O AMOR. Poucos sentimentos são capazes de melhorar as pessoas, torná-las mais puras, compreensivas e menos amargas. Amar as pessoas, não ter medo de expressar seus sentimentos faz de nós pessoas sinceras e sem medo da rejeição. Apenas o amor pode nos transformar em pessoas melhores, abertas para a grandiosidade do mundo e de tudo aquilo que está ao seu redor. Pessoas que AMAM são dóceis, sempre prontas para ouvir os outros e auxiliá-los no que for preciso. Amar é preciso. Amar é necessário para que nos permitamos melhorar os outros com nossas atitudes e sermos melhorados com as atitudes dos outros. O amor é o tempero para a fluência das relações em sociedade. O amor muda as pessoas. Muda pra melhor, faz com que nos sintamos bem consigo mesmo. O caminho é o bem-estar interior e a certeza de que nos entregamos aos nossos sentimentos. Paute sua vida no amor.

2. A AMIZADE. Ser amigo é se mostrar disponível. Disponível para ouvir, disponível para ajudar. Disponível para servir aos necessitados. Ser amigo e ser verdadeiro, falar a verdade, não passar a mão na cabeça a todo momento. Ser amigo é ser você mesmo e aceitar os outros como eles são. A amizade é o remédio para convivermos em sociedade, para que possamos entender os problemas dos outros, para que possamos interagir com os outros e para mostrarmos que a VERDADEIRA AMIZADE é pura e inocente. Encarar as pessoas como amigas, ajudando-as, dizendo as palavras certas nas horas exatas, mostrando que estamos sempre disponíveis. Ser amigo é confiar no próximo e ser confiável. A vida é sobre fazer amigos, trocar informações, idéias, opiniões e criar aliados. Aliados de idéias, de opiniões, de ações. Sejamos aliados uns dos outros, tratemos todos como se fossem antigos amigos. A amizade é o remédio contra o mau-humor e a solução para a amargura e a inveja no mundo. Eu quero ser seu amigo, e você??

3. O IDEALISMO. Ser idealista é saber o que quer. É correr atrás na frente de seus objetivos, chegar junto e mostrar o que você pretende. Pra que você veio?? Veio à passeio?? Eu vim pra fazer negócios, conhecer pessoas e ser conhecido. Esse é o meu IDEAL. Eu quero que você saiba onde você está e onde quer chegar. Tenha um ideal de vida. Não importa se as pessoas vão taxá-lo de louco, alucinado, ou sem-noção. Tenha certeza de que VOCÊ ESTEJA FAZENDO O CERTO. Eu quero ajudar os outros, quero ser ajudado, aprender e ensinar, SEMPRE QUE POSSÍVEL. Meu ideal é sempre crescer. Aprender, continuar aprendendo sempre. Seja através de pessoas, livros, bate-papos, ou qualquer outra coisa. Toda forma de aprendizado é válida. Eu aprendo com qualquer um que tenha alguma coisa a ensinar. Até com aqueles que acreditam não ter nada a ensinar, eu APRENDO. Eu sei o que eu quero, eu digo o que eu quero, e ninguém precisa me dizer o que fazer! E você?? Sabe onde está e para onde quer ir, ou simplesmente veio à passeio?? Pra quem não sabe onde quer ir, todos os caminhos levam à Roma. Não tenha medo de arriscar. É MELHOR ARRISCAR É ERRAR, MAS TER A CERTEZA DE TER TENTADO, DO QUE O ARREPENDIMENTO DE NÃO TER TENTATO. Lembre-se, melhorar SEMPRE é possível!! Eu quero ser o melhor do mundo em idéias e atitudes que trazem resultados, e você?

4. CORAGEM. Diferentemente de que muitos pensam, coragem não é ser valente. Coragem é olhar para frente sem medo do INESPERADO. Coragem é não temer aos desafios que nossas vidas nos presenteiam. Coragem é acreditar que “depois da tempestade, há sempre a bonança”, e que não importa o quão TORTUOSO é um caminho, ele sempre trará uma recompensa no final. Olhe de igual para igual para os seus desafios. Desafios e problemas só têm esses nomes por que possuem soluções. Caso contrário, seriam monstros de sete cabeças. E não é essa a realidade. Olhe para os problemas e concentre-se na solução, e não no problema. Tenha coragem e ousadia para sonhar e batalhar o seu lugar ao sol. OUSE. A coragem é irmã gêmea da ousadia e nos permite caminhar sempre de cabeça erguida junto aos desafios que a vida nos arma. Tenha coragem e ouse galgar degraus mais altos. Tenha persistência para continuar os caminhos mais difíceis e mais compensadores. Seja autêntico e não se venda por bobagem. Tenha convicção de que as suas idéias são certas e que você não teme o INESPERADO. Viva la vida, or die with your friends. Nunca tema o dia de amanhã, pois pior do que a certeza de um problema, é a incerteza da vida.

5. A ESPERANÇA. Eu acredito em um mundo melhor. Eu acredito no fim da fome e em pessoas colhendo o fruto de seus trabalhos. Eu acredito no fim da corrupção. Eu tenho esperança que a felicidade vai chegar. Eu acredito que posso contribuir um pouquinho para que o dia de amanhã seja melhor do que o de hoje. Melhor que ontem, pior do que amanhã, é isso que interessa. Encarar a vida como uma eterna evolução e com isso ter esperanças de que o mundo pode ser melhor, de que as pessoas EVOLUEM e de que a vida é muito mais do que jogos de poder. Eu acredito sempre em uma manhã ensolarada, mesmo que o temporal do dia anterior diga o contrário. Eu tenho esperanças de que a vida é consequência daquilo que semeamos com nossos semelhantes. A mudança é fruto da ação, não da inércia. Portanto, eu TENHO ABSOLUTA CERTEZA de que somos os motores da mudança de um mundo melhor. A esperança é a última que morre, pois é dela que somos feitos e é ela que corre em nossas veias. Enquanto há vida, há esperança. Acredite nas pessoas, acredite na evolução, acredite que caso VOCÊ TRABALHE POR ISSO, tudo pode mudar para MELHOR. Nós somos frutos dos nossos ESFORÇOS e a nossa esperança deve ser a motivação para nossa ação. Acreditar em um mundo melhor, com pessoas fazendo a diferença é o que importa. ESSE É O CAMINHO.

6. TRABALHO. O trabalho é o COMO as coisas acontecem. Ele é o instrumento pelo qual podemos transformar a esperança em realidade. Podemos escolher trabalhar, ou apenas ver a vida passar sem nos esforçarmos para contribuir para a sua evolução. Eu sempre escolherei a primeira opção. Essa é a forma de que eu tenho certeza de estar contribuindo para a EVOLUÇÃO, para a INOVAÇÃO, para melhoria constante e a SUPERAÇÃO. Eu acredito que o trabalho é a ignição que leva o mundo a andar para frente. E ninguém vai me convencer do contrário.

7. HUMILDADE. Ser humilde é reconhecer nossas fraquezas. Mas, é também não aceitá-las. A humildade é o princípio que nos permite aprender cada dia mais, sem nenhum impedimento ou barreiras. A humildade nos faz aprender com todos aqueles que nos rodeiam, sejam eles pessoas com mais conhecimento ou menos do que o nosso.  A humildade é o princípio responsável por nos ensinar que NÃO EXISTEM PESSOAS MELHORES. Existem pessoas dispostas a aprender a TODO MOMENTO, e pessoas que se julgam melhores que as outras. Procure sempre fazer parte do primeiro grupo, e permita-se sempre aprender com todos aqueles que lhe rodeiam. Além disso, a HUMILDADE é responsável por nos assegurar sempre a possibilidade de aprendermos com os diversos tipos de pessoas e, NUNCA nos acharmos donos da verdade e detentores do conhecimento. Escolha sempre a humildade, ENCARAR sempre as pessoas como fonte de conhecimento e aprendizado. É assim que as coisas começam.

8. SABEDORIA. Nós sempre teremos a opção de não tomar partido e de ficar alheio às coisas. Porém, esse não deve ser um caminho a ser seguido. Devemos escolher o conhecimento como ideal, buscando sempre utilizar a sabedoria como fim. Aprendamos com os sábios, com suas lições, com suas revoluções, seus ideais e suas histórias de vida. Sejamos ávidos pelo conhecimento, sejamos INCOMODADOS para melhorarmos sempre. A sabedoria é o caminho para a busca do conhecimento, é a arma contra a ignorância e a arrogância. A sabedoria é a solução para todos os problemas. Busque a sabedoria como fim, e durma nos braços da sapiência.

9. RESPEITO. Respeitar, não desdenhar, não julgar acima dos outros. Respeitar e colocar as pessoas no mesmo patamar. Tratá-las como iguais, como filhas do mesmo berço. Devemos respeitar todos aqueles que estão ao nosso redor, tratando-os com igualdade, dignidade e fraternidade, custe o que custar para que as pessoas sintam-se respeitadas e importantes, umas para as outras. O respeito é a chave para o reconhecimento. Aquele que respeita o próximo e o trata da melhor forma possível é retribuído e pode ter a porta aberta para um universo de conhecimento, amizade e cooperação.

10. SOLIDARIEDADE. Ajudar os outros, aprender com os outros, ensinar sem visar recompensa, lucro ou vantagem. Ser solidário é ajudar pessoas rumo ao sucesso, dar idéias rumo à excelência e acreditar que as pessoas podem sempre melhorar, sempre crescerem juntas e sempre transformarem a vida uma das outras. Escolha sempre ser um agente transformador na vida de outras pessoas. Como diz o ditado, a recompensa vem em dobro.

 

Esses são os princípios que eu escolhi para pautar a minha vida. Negócios é sobre relacionamento, sobre agir com princípios éticos, sobre comportar-se dignamente e ver sempre o bem-comum como fim. Eu quero ajudar sem pensar em recompensa, eu estou disposto a aprender com os mais sábios e com os que acham que não têm nada a contribuir. Eu quero aprender com você, o que você pode me ensinar??

 

Acorda!! Tá na hora de mudar o mundo…

Att..
Enrico Cardoso.