Empreendedores e Loucos!

O que torna um vendedor melhor do que o outro e uma pequena empresa melhor do que a outra? As VENDAS. São vendas que separam o Wall-Mart no topo da cadeia do varejo no mundo de um mercado. São as vendas que diferenciam vendedores de tiradores de pedidos. VENDAS. Não há segredo, não há milagres. Apenas muito esforço e vendas. Da mesma maneira em que as vendas fazem a diferença entre vendedores e empresas, as VENDAS são o diferencial de qualquer micro e pequena empresa.

Uma empresa pequena, um micro empresário, um negócio que está iniciando precisa loucamente de vendas. LOUCAMENTE. As vendas são imprescindíveis, porque, sem elas, a conta NÃO VAI FECHAR no final do mês. E porque algumas empresas, alguns vendedores, alguns empreendedores conseguem vender, e outros não conseguem?

A conta é simples. E a resposta está no esforço. O melhor vendedor vende mais porque, TRABALHA MAIS.

Empreendedores de verdade são vendedores. Eles sabem que sem vendas, tudo acaba e, por isso, são os melhores e maiores vendedores que o seu negócio pode ter. SIM. Empreendedores promovem, vendem e falam de suas empresas. Empreendedores divulgam e falam com as pessoas sobre seus negócios com entusiasmo, com felicidade. Empreendedores vendem ideias, vendem qualidade, vendem a empresa e o produto, porque, acima de tudo, são completamente APAIXONADOS pelo que estão fazendo.

Os empreendedores sabem que, sem clientes, não há vendas e, por isso vai pra cima dos clientes, fazendo o que for preciso para ajudar nas vendas, para ajudar na produtividade e na lucratividade. Empreendedores-vendedores estão dispostos a fazer o que for preciso pra melhorar o negócio. Por isso, trabalham em todas as frentes. Faxinam, atendem ao telefone, entregam panfletos, conversam com as pessoas, fazem contatos, fazem telefonemas, são incansáveis. E colocam totalmente a mão na massa. Isso porque, não adianta ter o melhor produto, ter a melhor opção se você não VENDER.

Empreendedores sabem que, se você não tiver vendendo, você está perdendo. Sabem também que, produto sem vender é dinheiro perdido. A verdade é que, o empreendedor sabe que, se não produzir e, não conseguir fazer com que os produtos girem, vai à falência.

Ok. Mas empreendedores não são entidades divinas. Eles têm de fazer escolhas. Precisa escolher empreender, e jogar tudo pro alto, trabalhar pela sua causa fazendo o que for preciso, ou se vai preferir as regalias de ser um empregado e trabalhar apenas de Segunda à Sexta. Empreendedores sabem que, quando se trabalha em algo que é seu, em algo que está iniciando, detalhes são importantíssimos, e todo tempo é dinheiro.

Empreendedores sabem que, se não fizer agora, amanhã pode ser tarde. Por isso, faz sempre o melhor que possível toda hora porque, no minuto seguinte pode ser tarde demais. FAZER, FAZER, FAZER. É tudo que um empreendedor quer. Ninguém melhor do que ele para imaginar coisas, bolar planos, traçar metas e objetivos e PENSAR, PENSAR e PENSAR, como fazer o negócio crescer, como fazer as vendas aumentarem, como atrair mais clientes.

Perguntas como “COMO” e “E SE”, são as únicas companheiras de um empreendedor. E habitado por perguntas assim e,  pela paixão por seu negócio, empreendedores são sozinhos. Apenas ideias, pensamentos, reflexões e, muito a fazer.

Sem querer, empreendedores vão afastando as pessoas. Vão afastando familiares e esposas, amigos e parentes, porque, para uns são loucos, por terem o FOCO no seu negócio. Para outros, o fato de trabalhar mais do que relógio incomoda, porque acham que finais de semana são indispensáveis. Muitas vezes, não sabem nada sobre empreendedorismo e, acreditam que um negócio pode andar SOZINHO, sem o mínimo de esforço.

Só que não é assim que a banda toca. Nada acontece sozinho. Negócio nenhum cresce sem esforço. E infelizmente, algumas pessoas simplesmente vão demorar muito tempo até entenderem que, empreender é construir uma história. E uma história, se constrói tijolo por tijolo, pedra por pedra. Diariamente, apenas esforço, dúvidas, problemas e paixão.

Um empreendimento não é apenas um monte de coisas dentro de um lugar. É também uma ideia, é também um sonho, é também uma pequena história se iniciando. Empreendedores são escritores que, substituem o papel e a caneta pelo FAZEJAMENTO. Empreendedores escrevem a sua história fazendo, construindo, realizando. Errando, e acertando. Acertando muito mais pra não perder. MAIS, acima de tudo, arriscando. Porque é o risco que faz o sangue correr nas veias. E é a emoção de criar alguma coisa, o combustível que move o empreendedor para construir muito mais do que empresas, e por isso, a necessidade, a vontade, o compromisso de estar SEMPRE VENDENDO, sempre CRIANDO, sempre EMPREENDENDO.

Empreendedorismo é um pequeno jogo. Um jogo onde muitas vezes, para quem está de fora, as regras são esquisitas, e difíceis de entender. Isso porque, pra entrar no jogo, tem que ter cabeça aberta, tem que ser maluco, tem que esquecer as regras do dia-a-dia, tem que explodir com a rotina.

Só assim pra entender o empreendedorismo. Caso contrário, empreendedores continuaram sendo um pouco loucos, imcompreensíveis e EXAGERADOS.

Ainda bem! Vida longa aos exagerados…