Os Princípios da Liderança.

Toda liderança precisa de princípios, de comportamentos norteadores. A liderança não é um simples dom, mas sim um comportamento que precisa ser aprimorado, melhorado e desenvolvido.

Com metas e objetivos que guiam a conduta, a liderança pode ser aperfeiçoada se corretamente exercitada e guiada por propósitos claros e bem definidos.

Liderança não é apenas hierarquia, mas sim empatia, pró-atividade, empreendedorismo e muito envolvimento com equipes de trabalho. Lidar com as pessoas não é assim tão fácil. Pessoas, funcionários e cargos, muitas vezes acabam sendo afastadas e, assim, o líder acaba sendo apenas o chefe, o gerente, o cara chato que vive cobrando. O líder que é movido por princípios e por uma busca incessante da excelência, tem de saber conviver com conflitos e comunicar-se com toda a equipe.

A seguir, vão alguns princípios que um líder deve seguir:

1. Criar uma visão. Essa é básica, mas não custa nada reforçar, afinal de contas, eu sigo a linha de que se você precisa comunicar 10 vezes uma mesma mensagem, comunique 10 vezes. Sem criar uma visão de futuro, dificilmente você conseguirá extrair de sua equipe o melhor deles e dificilmente você atenderá o que seu cliente necessita. Líderes precisam estar focadas na estratégia e em questionar o status quo vingente. Durante esse processo, é vital que sua equipe seja seja envolvida e compreenda o sentido e o significado que a sua visão de futuro possui;

2. Fazer acontecer. Como líder você deve ajudar a sua equipe a vencer as dúvidas e os obstáculos para alcançar suas metas. Todo projeto e toda inovação é carregada de incertezas. Diante disso, o líder deve funcionar um facilitador para que sua equipe não seja paralisada pelo medo de errar ou de seguir em frente. Ajude sua equipe a viver o agora e a projetar o futuro focando nas oportunidades e não nos problemas. Estabeleça um conexão entre o saber e o fazer;

3. Construa sua equipe. É papel do líder identificar as pessoas e as habilidades necessárias para vencer os desafios. Construa uma equipe em que as habilidades se complementem. Escolha pessoas que acreditem na visão que você desenvolveu. Escolha quem QUER participar do seu sonho e não aqueles que apenas precisam. Para isso, o líder também deve ser uma pessoa que atraia talentos para sua equipe;

4. Forme novos líderes. Isso tem a ver com a sustentabilidade e a longevidade da empresa na qual você trabalha. Garanta que no longo prazo a sua empresa possua pessoas talentosas que terão as competências necessárias para que sua empresa continue crescendo;

5. Utilize Redes Sociais. Importante para você aumentar sua rede de relacionamento e assim aumentar a troca e o compartilhamento de idéias. Crie um blog, entre no Twitter. As Redes sociais são um excelente instrumento de comunicações porque elas aproxima as pessoas e criam um canal de comunicação multilateral. Isso também ajudará você a se comunicar com os funcionários da geração Y;

6. Faça mais com menos. Você já deve ter ouvido a frase “A necessidade é a mãe de todas as invenções”. Se não houvessem restrições de recursos, nós não precisaríamos de líderes. As restrições fazem com que nós exercitemos a nossa criatividade e passemos a buscar soluções inovadoras. Pense na tecnologia como ferramenta para fazer as coisas de forma diferente e não apenas para tornar os sistemas mais eficientes;

7. Pense nas pessoas como sendo seu recurso mais valioso. Não é novidade para ninguém que estamos passando por uma mudança de época. Mudanças de épocas ocorrem quando há mudança da força motriz da economia. Na revolução agrícola, a força motriz era a força física humana em que você tinha que puxar o arado ou empurrar um engenho para moer cana. Na revolução industrial, a força motriz eram as máquinas montadas em linha de produção. Na nova economia, a força motriz é o conhecimento e a capacidade de inovar e isso só é possível através das pessoas. Portanto, saiba valorizar as competências dos seus funcionários e saiba celebrar cada vitória alcançada para que seja construído um clima organizacional onde as pessoas sintam-se cada vez mais confiantes e capazes de enfrentar novos desafios. Valorize e forme talentos independentemente da conjuntura econômica. Em momentos de crise, investir em pessoas lhe dará uma vantagem competitiva maior quando houver retomada da economia;

O Checklist da Liderança. Dez Coisas que Podem Transformar o Seu Ano Novo.

O ano novo é uma linda e grande festa, na qual as pessoas esquecem, muitas vezes, de seus propósitos, metas, objetivos e perdem um pouco de tempo sonhando e comemorando. Manter o equilíbrio, sem mergulhar de cabeça nessa confusão toda é muito importante. Afinal, depois que as festas passam, tudo volta ao normal e a fantasia acaba.

Portanto, fuja dos desvairios das festas e esteja sempre com a cabeça no lugar. Obviamente que, estar com a cabeça no lugar não significa ser ranzinza e mau humorado. Entre na brincadeira, festeje, comemore, renove. MAS, sem exceços.

Como líder, eu aprendi que ficar fora de um grande começo de um novo ano é muito importante. Ao longo da minha carreira, tenho montado uma lista de verificação de Ano Novo muito útil, que ajuda a me manter focado e pronto para os desafios futuros, nos dias e meses, e bem posicionada para o sucesso.

Terry Starbucker.

A lista de Ano Novo de Starbucker é bem simples. Aí está ela:

1. Não mergulhar de cabeça. Antes de saltar para o Ano Novo a toda velocidade, não se esqueça de parar e refletir sobre as experiências do ano que acabou – saborear as vitórias, e aprender com as contrariedades. Fale sobre isso com sua equipe, antes do início do próximo ano.

2. Estudos. Certifique-se de ter tempo para estudar os detalhes de seu negócio ou projeto para o próximo ano. Você não tem de memorizar todas as palavras e números, mas estudar e estar conectado com seus planos é uma grande vantagem para absorver e conceituar o alcance do que você está tentando realizar. Você vai se sentir à frente do jogo de imediato – e isso é um bom lugar para estar.

3. Seja Sutil. Cada aspecto da liderança, se for exagerado, pode vir a ser uma negativa. Portanto existem algumas coisas que precisamos ter cuidado. O melhor exemplo disso é a forma com que muitos líderes agem como “rolos compressores” com seus liderados. Essa postura pode acabar com a sua “boa reputação” e acabar fazendo com que as pessoas tenham uma má empressão de você. Portanto lembre-se, seja sutil.

4. Colocar o time em campo. Faça um balanço de sua equipe, seus pontos fortes e fracos, e faça algumas perguntas difíceis: Todos estão comprometidos com os novos planos para o novo ano?  Você tem alguma questão não resolvida do ano passado? Você precisa reorganizar a sua rotina antes das coisas ficarem difíceis demais? Responder a essas perguntas, tomar as medidas corretivas se necessário é dar a sua equipe uma melhor chance de sucesso no ano que se inicia.

5. Mantenha-se Segurando a Barra. Embora possa não ser realista manter a fixação de metas mais elevadas em todas as métricas que você tem, pelo menos, tente elevar os níveis de um ou dois a mais que no ano anterior. “Na minha experiência, não há nada melhor, e mais motivador, para uma equipe do que bater a meta de um ano record no ano seguinte“.

6. Sintetizar Gols. Agora que você já estudou o seu plano para o novo ano é necessário reduzi-lo em peças para que possa ser comunicado de forma eficaz para toda a organização. O ideal é dividir em 4 ou 5 partes, afixá-los em toda parte, e ter certeza de que todos sabem para onde remar. Aproveite o poder daconsciência coletiva!

7. Calibrar o medidor de Responsabilidade. É sempre uma boa idéia certificar-se que seu medidor de “responsabilidade” está calibrado de forma adequada. Ou seja precisamos ter certeza que sua equipe sabe quais são as suas expectativas para o ano, e uma vez que todos compartilhem dela, você deve estar preparado para conduzir a as novas estratégias com a devida responsabilidade contra as falsas-expectativas.

8. Limpe os Ouvidos. Este é um conselho realmente simples – preparar seus ouvidos para ouvir. Sente-se em sua mesa, feche a porta e desligue o computador. Sinta e escute para saber tudo que está acontecendo ao seu redor. Faça uma anotação mental para recriar esse ambiente de escuta toda vez que você estiver na presença de seus companheiros de equipe.

9. Dar feedback e Follow Up. Embora seja tentador mergulhar em todos os detalhes, não se esqueça de dar a seus companheiros de time tanto feedback quanto possível, especialmente no início do ano. É muito mais difícil fazer follow up, se o navio se afastou de maneira desgovernada fora de seu curso.

10. Pratique Paciência, Tolerância e Comprometimento. Pode ser o item mais importante de todos eles, e mais difícil de fazer. É muito fácil fácil ficar impaciente, irritado e intolerante. Tenha auto conhecimento! Você não tem que ser um mestre zen, mas é importante manter-se centrado, calmo, de mente aberta e receptiva e compreensivo. Principalmente quando as coisas não estão indo do seu jeito.

Os 7 Mandamentos da Alta Performance.

1. Defina com precisão sua capacidade de trabalho. Organizar-se para realizar uma tarefa é tão importante quanto fazê-la benfeita. Tentamos fazer várias coisas ao mesmo tempo sem buscar o equilíbrio em relação ao tempo que dispomos para realizá-las.

2. Prepare, planeje e trace a estratégia correta para cada uma de suas ações. Para sobreviver no comércio hoje em dia, é necessário tática de guerrilha. Conhecer o concorrente, seu poder de fogo, onde e como ele ganha terreno e seus pontos fortes e fracos é fundamental.

3. Trace os objetivos almejados. Ao traçar o objetivo correto para sua ação, não adianta somente ter uma visão ampla da situação. Faz-se necessário olhar “além do alcance”. Sempre que traçar um objetivo, imponha metas e estipule prazos para elas se concretizem.

4. Respeite as prioridades e faça tudo no seu tempo. Para sermos eficazes, é necessário classificar nossas prioridades em: acidentais, importantes e essenciais. Perdemos tempo com coisas totalmente acidentais enquanto as importantes e essenciais, que vão nos dar um resultado positivo, estão ficando para trás.

5. Mantenha-se sempre muito bem informado sobre seus concorrentes. Estudar seu concorrente direto e acompanhar suas ações é uma coisa; estudar tecnicamente seu produto para uma melhor explanação ao cliente também é uma coisa. Agora, estudar tudo aquilo que possa tirar sua rentabilidade é outra completamente diferente.

6. Cultive a autodisciplina. Bom profissional não perde o foco. Fique atento para cumprir exatamente o que foi planejado, pois o que mais acontece no dia a dia são momentos que possam nos distrair e nos tirar dos trilhos.

7. Faça o que tem de ser feito. Na vida profissional, não podemos tender a executar somente as tarefas que julgamos ser fáceis. Grandes vitórias vêm depois de grandes batalhas! Não adianta ficar dando voltas por julgar a tarefa complicada, seja proativo e faça o que tem de ser feito.

Traçando Metas Para Atingir Objetivos Profissionais…

1. Tenha objetivos claros: o primeiro passo para conquistar o mercado de trabalho é saber qual a posição que quer alcançar e quanto tempo, aproximadamente, deve levar para isso. É importante traçar metas de curto, médio e longo prazos para todas as fases da vida profissional.

2. Conheça a si mesmo: além de saber o exatamente o que procura, é preciso que cada profissional tenha em mente quais são suas limitações, bem como suas maiores competências. Assim, a busca por aperfeiçoamento e capacitação específicos torna-se mais ágil e válida, aumentando a visão crítica do próprio profissional em relação ao seu perfil.

3. Reavalie as metas periodicamente: conforme o mercado muda, os objetivos profissionais e seus prazos para execução também devem ser revistos. Só assim é possível manter um plano de carreira factível e condizente com a realidade do segmento no qual o executivo atua.

4. Continue estudando: por meio do acompanhamento do mercado é possível identificar quais habilidades serão necessárias para os próximos momentos da carreira. Tente prever as necessidades de sua área de atuação e busque formação o mais rápido possível.

5.  Mantenha contato com seus pares:relacionamento é tão – ou mais – importante do que muitas habilidades. Conhecer as pessoas certas pode ser um enorme diferencial competitivo na busca pelos objetivos profissionais. Resgate seus cartões de visita, mande e-mails para antigos conhecidos, cadastre-se nas redes sociais e esteja nos eventos do setor no qual atua.

6. Invista na comunicação interpessoal: conheça seu próprio estilo de comunicar-se e também o de outras pessoas, procurando sempre expressar-se de maneira clara e objetiva. Seja bom ouvinte e não hesite em tomar atitudes diferentes, mas positivas, até que se tornem habituais.

7. Tenha sempre o currículo atualizado: nunca se sabe quando o documento poderá ser solicitado. Não se pode contar com a sorte de poder atualizá-lo antes do envio, por isso é importante mantê-lo com as informações corretas e, se possível, em diversos padrões –de acordo com perfis das diferentes vagas que o profissional busca.

8. Seja flexível: as empresas procuram profissionais que tenham flexibilidade para desenvolver diferentes atividades e conviver com situações inusitadas. Ao ser flexível você pode ter novas oportunidades de atuação e ampliar seus conhecimentos.

9. Desenvolva sua capacidade de liderança: saiba trabalhar em equipe, respeitando as opiniões dos demais e sabendo como confrontá-los quando necessário.

Feliz Ano Novo!!

Eu recebi esse texto por e-mail agora há puco do Ivan Krüger, que fez o curso De Vendedor Para Gerente de Clientes comigo há uns quinze dias atrás. Ele é especialmente feito para aquelas pessoas que só acordam depois do Carnaval. Eu sempre adorei o Carnaval, tenho minha escola de samba, viajo e etc. Mas esse ano trabalhei todos os dias direto em prol de uma causa que eu ACREDITO. Eu quero trabalhar no que eu AMO, por isso, o Carnaval de 2009 será compensado em 2010! Porém, não se esqueçam, o ano começa no dia 1° de Janeiro, e não no final de Feveiro, início de Março, quando tem fim o Carnaval!

Aí vai o texto:

Para muitos, 2009 iniciou na quarta feira dia 25, em virtude do mito que emplaca o começo do ano novo apenas quando o carnaval termina. Você desejou feliz ano novo para estas pessoas? Talvez assim elas acordem do sono profundo, e despertem para uma abordagem mais real. Todos nós precisamos de alguém que nos chacoalhe, e como pessoas  maduras, temos que aceitar as palavras que não nos soam tão agradáveis, ao mesmo tempo que precisamos aprender a proferi-las em um tom mais moderado e amoroso àqueles a quem queremos corrigir.

 Feliz Ano Novo a você que acredita que o 2009 começou depois do carnaval. Estourou mais uma champagne? Fez a contagem regressiva? Fez as promessas que você sabe que não vai cumprir? Traçou metas realistas para sua vida? Mesmo que você continue confiando no mito pós-carnaval, se você traçou suas metas e está com vontade de “correr”, recebe aqui meu aplauso. Quero te incentivar a fazer coisas extraordinárias este ano, mesmo se você largou atrás, iniciando seu ano no dia 25 de fevereiro. Sempre é tempo de mudar, de fazer, de pensar, de melhorar e de crescer. Independente da crise mundial, da sua idade, não importa onde você está, nem quem você é, mas para onde você está indo. Quem começou o ano agora, perdeu  16,67% do ano, mas para confortar, há pessoas que largam bem, mas terminam mal. Disciplina e organização continuam sendo as palavras que norteiam o caminho do êxito de qualquer pessoa em qualquer ramo de atividade ou setor. 

Outro problema que as pessoas que iniciaram o ano agora, é que elas são mais propensas a arranjarem outra desculpa para seu fracasso no mês de março ou abril. Se não existe algo, elas inventam, como pretexto para julgarem-se azaradas e vítimas do contexto econômico pelo qual o mundo passa. A época é propícia para quem não gosta de trabalhar, pois dar desculpas e colocar a culpa no ambiente externo ou nas pessoas sempre foi fácil do que fazer as coisas acontecerem. Cuidado, pois este é um sintoma que rodeia as pessoas que começam o ano dia 25 de fevereiro. Não deixe que este vírus pegue você. Vacine-se  com boas leituras, boas pessoas e hábitos saudáveis. Feliz Ano Novo para você que já disse pelo menos uma vez neste ano: “ O ano novo começa depois do carnaval.”  Por que não traçar a meta de não pronunciar esta frase em 2010? Logo, logo ele chega…“.

Se você é do tipo que precisa ser chacoalhado, aproveite essa deixa!! Há certas coisas que só são pronunciadas uma única vez!

Acorda!! Tá na hora de mudar o mundo…

carnaval