Desenvolvendo o verdadeiro espírito da liderança.

Eleanor Roosevelt uma vez disse: “Um bom líder inspira as pessoas a terem confiança no líder, um grande líder inspira as pessoas a terem confiança em si mesmos”. Mas, se transformar em um grande líder não está fácil. Construir uma equipe de sucesso através dos altos e baixos de uma liderança pode ser um dos maiores desafios enfrentados por micro, pequenas, médias e até grandes empresas.

Liderança é uma das áreas que muitos empresários tendem a negligenciar, de acordo com o coach em liderança John Maxwell, cujos livros incluem: As 21 irrefutáveis leis da liderança Desenvolvendo o Líder dentro de você.

“Você trabalha duro para desenvolver seu produto ou serviço. Você luta para resolver seus problemas financeiros. Você sai, promove o seu negócio e vende o seu produto. Mas você não pensa o suficiente sobre liderar o seu próprio pessoal e encontrar a melhor equipe”, diz Maxwell.

Acontece que, as habilidades e talentos necessários para orientar a sua equipe na direção certa podem ser simples, e qualquer pessoa com determinação pode desenvolvê-las. Sendo assim, aqui vai uma uma lista de dez dicas para conseguir desenvolver o seu poder de liderança.

#1. Montar uma equipe dedicada.

A sua equipe tem que estar comprometida com você e com os negócios. Empreendedores bem sucedidos não têm apenas a expertise comercial, mas também o know-how para contratar de forma eficaz. “A ideia de um negócio colossal simplesmente não é suficiente. Você tem que ser capaz de identificar, atrair e reter talentos que podem transformar o seu conceito em um sucesso”. Saiba mais sobre desenvolver uma equipe de vendas matadora.

Ao montar a sua equipe, olhe para as pessoas cujos valores estão alinhados com o propósito e missão de sua empresa. Suzanne Bates, uma consultora de liderança, diz que os membros de sua equipe precisam acreditar naquilo que o líder faz. “Ter pessoas em sua equipe que têm tenacidade e espírito sincero é realmente importante”, diz ela.

#2. Super Comunicação.

Este é uma grande característica. Mesmo com uma equipe de apenas cinco ou dez pessoas, pode ser difícil saber o que está acontecendo com todos. Em um esforço para uma integração da comunicação, Bates compila uma atualização de notícias semanais ela chama de Previsão de Sexta-Feira, e envia por e-mail para sua equipe. “Minha equipe é sempre surpreendida com todas as notícias do mercado”, diz Bates. O importante é fazer as pessoas se sentirem informadas sobre o mercado. Afinal, o conhecimento é o grande diferencial do mercado.

#3. Não assuma.

Quando você tem negócio, você pode fazer com que sua equipe compreenda e assuma seus objetivos e missão – e eles podem. Mas, todo mundo precisa ser lembrado para aonde a empresa está indo e o que vai acontecer quando vocês chegarem lá. Seus funcionários podem perguntar: “O que tem lá para mim?”. É importante saber descrever esse cenário para todos da equipe. Aproveite o tempo para realmente entender as pessoas que estão ajudando a construir o seu negócio, e para saber o papel delas no futuro da organização.

#4. Seja autêntico.

Bons líderes incutem suas personalidades e crenças no DNA da sua organização. Se você ser é autêntico, e não tenta agir como outra pessoa, e se cerca de pessoas que estejam alinhadas com seus valores, seu negócio tem mais chances de ter sucesso.

Cada empresa é diferente e cada empreendedor tem sua própria personalidade, diz Flaxington. Se você é autêntico, você atrai as pessoas certas para sua organização. Tanto os funcionários quanto os clientes.

#5. Conheça os seus obstáculos.

A maioria dos empreendedores estão otimistas e certos de que estão dirigindo em direção a seus objetivos. Mas, muitas vezes, acaba por ser um líder míope que não toma o tempo para entender seus obstáculos.

Você precisa saber o em que você está indo de encontro e, ser capaz de planejar em torno dos imprevistos. É loucura pensar que só porque o empreendedor tem energia e entusiasmo, que você vai ser capaz de conquistar tudo. É muito mais inteligente dar um passo para trás e descobrir quais são os obstáculos, para depois enfrentá-los de frente.

#6. Criar uma direção para a equipe.

Muitas novas equipes de corrida, antes mesmo de descobrir quem são, onde eles estão indo, e o que vai orientar a sua viagem, diz Ken Blanchard, têm um local de trabalho e uma time de liderança de treinamentos. Apenas chamar uma equipe e dar-lhes uma meta não significa que a equipe terá sucesso e a meta será atingida.

É importante para criar um um planejamento que mostra claramente o que a sua equipe irá realizar, e como a equipe irá trabalhar em conjunto para alcançar os resultados desejados. Isso é muito importante.

#7. Acredite em seu pessoal.

Os líderes devem ajudar seu povo a desenvolver a confiança, especialmente durante tempos difíceis. Como Napoleão Bonaparte disse: “Os líderes são negociantes de esperança”. Essa confiança vem em parte de acreditar na sua equipe. Mas acreditar nas pessoas não é suficiente. Você tem que ajudá-las a vencer.

#8. Mantenha sua equipe engajados.

Grandes líderes dão desafios para as suas equipes e os mantém animados e comprometidos com elas, diz o especialista em liderança Stephen Covey. Ele apontou o exemplo de uma pizzaria de médio porte, em uma pequena cidade, que estava matando uma grande cadeia de fast-food nas vendas. A grande diferença entre eles era o líder, afirmou Stephen.

Toda semana ele reunia seus funcionários adolescente e animadamente perguntava-lhes: O que podemos fazer nesta semana que nunca fizemos antes? As crianças adoraram o desafio. Eles começaram a enviar mensagens de texto para todos os seus amigos sempre que começávamos algo especial. Levaram a máquina de cartão de crédito para a calçada para os motoristas poderem comprar pizza direto da rua. Eles carregaram um caminhão com as pizzas vendeu tudo nos jogos universitários. Não é de se admirar que o empreendedor, dono da pizzaria nunca teve problemas com a rotatividade de funcionários.

Liderança não é uma tarefa fácil. Ser exemplo para os funcionários menos ainda. Porém, você já sabe o principal que precisa colocar no seu check list da liderança.

Nós Somos Responsáveis Por Cuidar da Casa.

Nós vivemos em uma sociedade onde lembramos de nossas origens? Nós cuidamos de quem cuidou da gente? NÃO. Se realmente fizéssemos o dever de casa, o filho que viu o pai se tornar alcoólatra, não iria transformar-se em um quando a maturidade chegasse. Caso realmente estivéssemos preocupados com origens, mães não perderiam todos os filhos no tráfico. O filho mais novo é influenciado pelo mais velho, e assim vai. Se realmente nos preocupassemos com nossa obrigação junto de nossos familiares, seriamos um povo mais humilde, mais consciente e mais SOLIDÁRIO.

Mas, como não é isso que vejo por ruas e esquinas, infelizmente não cuidamos do que é nosso. O filho que cresce, vendo o pai policial corrupto, cresce e transforma-se em bandido. O filho que vê, diariamente a mãe gastando o pouco dinheiro que tem com cola, com crack, com ópio, com sei lá mais o que, antes de saber escrever o seu nome todo, estará indo pro mesmo caminho.

Da mesma maneira, filhos que crescem com a imagem dos pais lendo, dos pais ativamente na comunidade, de pais honestos, de pais idealistas, assim crescem e ajudam a semear a sociedade. Do mesmo modo, filho que vê o pai criar, realizar e trabalhar duro, seguirá o seu exemplo para ser também um grande realizador.

Os modos, os costumes e a postura é uma herança mais do que genética. É transmitida no dia-a-dia, nas pequenas coisas. No carinho, na felicidade, nas boas horas e nas ruins. E cabe a nós, somente a nós, cuidar dos nossos. Cuidar de quem seremos sempre responsáveis por cativar: nossos pais, que desde cedo nos levantaram de qualquer tombo, nos mostrando o melhor caminho e nos dando opotunidade de sermos melhores e maiores; e nossos filhos, que deverão ser sempre versões melhoradas e aprimoradas de tudo aquilo que fomos. É preciso saber cuidar da casa, da família. Somente assim saberemos cuidar da equipe, da empresa, dos amigos e do dinheiro.

Se você não sabe administrar o pouco, nunca conseguirá administrar muito.