Revolução nos Vídeos!

Ontem eu fui ao cinema. E descobri que estou incrivelmente cego. As legendas brancas se perderam o filme todo, e eu tive que ficar perguntando pra minha namorada o que era que eles estavam dizendo em alguns momentos em que não conseguia ouvir o inglês, nem ler o português. O filme, definitivamente poderia ter sido melhor se não fosse esse detalhe. O engraçado é que quando eu vejo os DVDs no notebook ou na TV, isso não acontece. Descobri que, mesmo a tela do cinema sendo bem grande, a distância ainda atrapalha. 

Eu sempre gostei de ir ao cinema. De ver o filme em uma telona, com uma qualidade superior, com sons de vários canais. Isso sempre faz do filme, melhor do que ele realmente é. Mas, esses diferenciais que foram diferenciais um dia, não são mais. Hoje, tela grande com ótima definição não é privilégio apenas do cinema; home theaters maravilhosos estão à venda em qualquer Casas Bahia, e qualquer camelô vende filmes mais barato do que o cinema.

E as locadoras?!? Com certeza os aluguéis de DVDs não são mais os mesmos. Afinal, pelo preço de uma locação você compra um filme, mesmo não sendo original e, vê quantas vezes quiser, fica com ele, empresta, faz o que der na cabeça. Não precisa devolver, não tem multa, não tem que inventar desculpas pra ninguém quando atrasar, e mesmo sendo ILEGAL, muita gente acha mais CÔMODO.

Pensando nisso, a Saraiva inaugura no Brasil um sistema de locação online. Isso mesmo, online. E não é apenas locação, tem venda de filmes, documentários e shows, tudo pela internet. Como funciona? Da seguinte maneira: você escolhe a modalidade (aluguel ou compra), escolhe o filme e paga. Até aí, nenhuma novidade. Só que você não precisa ir até a loja buscar, o filme vai até você, e pelo seu próprio computador. Através de um sistema, você faz o donwload do filme, e não precisa ir até ele, ele vem até você pelo seu próprio computador com conexão à internet.

O conteúdo baixado será protegido contra a violação de direitos autorais.

Por enquanto, o acervo contará com cerca de 500 títulos de sete estúdios: Warner, Paramount (cujos produtos estarão disponíveis nos próximos dias), Paris Filmes, Fox, Flash Star, Logon e Alpha. Nomes de peso, no entanto, ficaram de fora da iniciativa, como Universal, Columbia, Metro-Goldwyn-Mayer e Disney. “Alguns estúdios estavam mais preparados para isso do que outros, mas teremos todos do nosso lado”, afirmou Marcílio D’Amico Pousada, diretor presidente da Livraria Saraiva.

Os conteúdos poderão ser comprados ou alugados pelo site da empresa da mesma forma que os outros produtos disponíveis no site. Depois de concluída a transação pela primeira vez, o usuário precisa baixar um software para fazer o download do filme e gerenciar tudo o que tiver adquirido.

Haverá duas opções: o Saraiva Digital Lite, um programa mais leve e com interface gráfica simples; e o Saraiva Digital Beta, mais pesado, com interface aprimorada e indicado para PCs mais potentes, criado em WPF. Por enquanto, ambos só rodam em Windows, mas há a intenção de adaptá-los para Mac OS e Linux no futuro. Todo o sistema foi desenvolvido pela empresa Truetech, com tecnologia da Microsoft.

O que vai diferenciar o aluguel da compra, depois de efetuado o download, é que, a partir do momento em que o usuário começar a assistir o filme, ele perde a sua vida útil em 24 ou 48 horas. Ou seja, começou a ver o filme, você terá até 48 horas para terminar de assistí-lo, antes que você não consiga mais executar o arquivo. Ou seja, NADA DE PIRATARIA. Nos mesmos moldes que a Apple fez com o iTunes, em convencer as gravadoras a vender músicas por menos de um dólar, a Saraiva convenceu as grandes de Hollywood a vender os seus filmes por download. Agora, sem a justificativa de produzir DVDs, imprimir, distribuir, e bla, bla, bla, eu quero ver quais serão os motivos pra esse material não cair os preços.

Afinal, se você não precisa queimar mídia, se não precisa imprimir capas, investir em arte, investir em arte-finalista, investir em embalagens, investir em distribuição, investir em materiais para os pontos-de-venda, por que o preço do DVD tem que continuar o mesmo? Essa é a chance de ganhar a batalha contra a pirataria de filmes e shows.

Eu ainda não usei… mas logo logo vou experimentar, e falo minhas impressões sobre o sistema de vídeos Saraiva Digital.

Parabéns pra Saraiva, dando um show de Web 2.0!!

SaraivaDigital

Lições do Vendedor 2.0: Apresentação.

Dando continuidade à série de etapas da venda, de acordo com o Webseminário “Como se Transformar em um Vendedor 2.0”, hoje vamos falar sobre apresentação. Essa, disparada de todas é a parte que eu mais gosto. Mostrar a sua empresa para um cliente de um jeito que ele sinta a mesma paixão que você é uma OBRIGAÇÃO de todo vendedor.

A apresentação de vendas se consiste em três coisas: apresentar CREDENCIAIS; PROVOCAR o cliente; e pedir a venda com HUMILDADE. Uma boa apresentação de vendas, além de ser diferente e empolgante precisar unir essas três características.

Mostrar CREDENCIAIS significa dizer qual o trabalho você tem feito, quais empresas você tem AJUDADO, quais pessoas se beneficiaram com o seu negócio. Dizer no seu discurso de trinta segundos as credenciais de sua empresa e como vocês têm agido para ajudar as pessoas.

PROVOCAR o cliente é estudar a realidade dele e conhecer os PROBLEMAS que ele nem sabe que tem. Mostrar que estudou a realidade e que chegou a conclusão que ele precisa DISSO, DAQUILO e DAQUILO, por causa de TAIS evidências. E depois da constatação e dos motivos que te levam a acreditar nisso, mostrar a solução para o problema que você acredita que a empresa está vivendo.

MAS, não adianta só apresentar a solução para um PROVÁVEL problema, é preciso ouvir o feedback do cliente com HUMILDADE, pedir a venda. Você acha que esse realmente é o seu problema, acha que essa solução pode resolver esse problema. E aí, o que você ACHA? Aqui é a hora do cliente FALAR. Mais do que dizer coisas certas, o Vendedor 2.0, deve saber OUVIR mais do que ninguém. E no final, a pergunta que inicia o fechamento, você GOSTARIA que nós ajudássemos você e a sua empresa? Pronto, mais um espaço para o cliente FALAR. Vendas é DIÁLOGO,  a missão do vendedor é fazer as PERGUNTAS CERTAS para que ele (o diálogo) aconteça sem RUÍDOS.

FUJA DE FOLHETOS. A apresentação da empresa deve ser ÚNICA. Profissionais de compras não gostam, não suportam, ODEIAM, vendedores folhetos falante, que só sabe falar sobre característica do produto, que só falam sobre atributos do produto e sobre PREÇO. NUNCA faça isso, a não ser que você queira perder um cliente.

Eu odeio osconsultores de negóciosque tentam ser meus amigos… Eu não suporto quando eu tenho que ensinar a eles o que é o meu negócioNão existe nada mais chato queconsultorfolhetofalanteque adora esmiuçar as qualidades dos seus produtos e serviços”.

Esclarecendo sobre a APRESENTAÇÃO, vamos às ferramentas TECNOLÓGICAS que podem judá-lo a PROVOCAR com HUMILDADE o cliente. Jamais esqueça essas palavras, PROVOCAÇÃO e HUMILDADE, elas são o princípio das apresentações.

Folhetos já não fazem mais sucesso. Definitivamente, as pessoas fogem de folhetos na rua. A NÃO SER, que seja uma oferta realmente tentadora, o que via de regra não acontece. A idéia aqui é substituir folhetos comuns por apresentações de venda 1-a-1.

1. YouTube. O YouTube será a televisão do futuro. Se não for ele, será alguma evolução dessa espécie. Quando ele chegou, era apenas um canal para jovens brincar e mandarem vídeos non sense sobre as suas vidas, MAS, hoje grandes empresas utilizam essa canal de vídeo para divulgarem campanhas e mostrar a empresa. O YouTube é o preferido para o Marketing Viral. A razão? Estar na rede, a um clique de toda e qualquer pessoa com uma conexão razoável. Por isso, apresentar PRODUTOS nele pode ser um grande trunfo para a sua empresa. Um vídeo de três minutos é muito mais inteligível do que uma longa proposta técnica, ou páginas de especificações e benefícios. Além de tudo, vídeo é mais pessoal, mais íntimo. Você vê a pessoa que está te apresentando e conhece o produto com detalhes. Isso te permite criar uma relação muito mais próxima do que folhas impressas de propostas  e dossiês. PENSE NISSO. Vídeos podem aproximar as pessoas.

2. Slides. As pessoas já estão acostumadas, e até CANSADAS de receber propostas iguais. Se você irá reunir com o cliente, NÃO LEVE PAPEL. Leve apenas o notebook, e faça uma pequena apresentação. Utilize os slides para além de propor e mostrar o produto, falar sobre a EMPRESA, não a sua, a do cliente. Fale sobre a empresa, os problemas da empresa, e no FINAL mostre o seu produto que PROMETE solucionar o PROBLEMA. É muito mais prático, dinâmico, saudável e produtivo do que ficar discutindo folhas de papel. No final da apresentação, se quiser, aí sim dê a ele uma pequena proposta diferente sobre o que vocês conversaram. Às vezes, será preciso discutí-la com mais alguém, ou o cliente precisará levá-la para o financeiro comprovar a compra. Tenha um proposta não-comum sempre em mãos. Afinal, mesmo no editor de texto é possível se diferenciar. Se for usá-lo, lembre disso.

Vendedores DIFERENTES, fazem apresentações DIFERENTES!! Fuja do convencional!! Essa é a grande lição sobre APRESENTAÇÃO.

apresentacao