Curso de webwriting: 2ª turma em São Paulo

Dia 21/09 acontece a segunda turma do curso de webwriting no Instituto Rogério Castilho

Depois do sucesso de 2 turmas seguidas em Santos, nos dias 22 de junho e 03 de agosto, estou de volta à São Paulo.

Se você tem curiosidade de aprender sobre webwriting e está em São Paulo, essa é a sua oportunidade.

curso de webwriting mostra, passo-a-passo o processo de produção de conteúdo para a web em 3 etapas:

  • Processo pré-escrita.
  • Processo de escrita.
  • Processo pós-escrita.

O objetivo do curso é aprender que criar conteúdo não é apenas escrever sobre um assunto ou notícia e colocar no ar.

Os participantes do curso de webwriting vão aprender a importância de responder  às perguntas do seu público através do foco do usuário – o mantra do webwriting – para saber o que ele realmente espera do seu conteúdo.

curso de webwriting tem como missão auxiliar qualquer pessoa que esteja conectada na internet a produzir melhores informações, otimizando seu texto, imagens e vídeos, fazendo o trabalho certo para atrair leitores.

curso de webwriting parte da premissa que o processo de webwriting consiste em produzir, otimizar e distribuir conteúdo em 2 frentes:

  1. Para os buscadores encontrarem seu conteúdo para os usuários.
  2. E para que, depois que os buscadores listarem o seu conteúdo, ele seja fantástico a ponto do usuários disseminá-lo pelas mídias sociais.
Convite do curso de webwriting

Clique na imagem para fazer a sua inscrição para o curso de webwriting.

A quem se destina o curso de webwriting?

curso de webwriting tem como público-alvo todos os profissionais que publicam conteúdo na web.

Eu acredito que o curso seja indispensável para: jornalistas, publicitários, analistas, gerentes e diretores de marketing, programadores, profissionais de TI, advogados e principalmente, profissionais que dependem de sua reputação para gerar novos negócios.

Qualquer tipo de profissional que esteja conectado hoje terá vantagens em aprender as ferramentas de webwriting para melhorar a qualidade de seu conteúdo e aumentar sua reputação.

Tópicos do curso de webwriting

Durante o curso de webwriting serão abordados intensamente os seguintes tópicos:

  • O que é webwriting?
  • Como escrever?
  • Princípios do webwriting.
  • O foco no usuário.
  • Como tornar a leitura mais atraente.
  • Como escolher um tema para escrever.
  • A influência do design no webwriting.
  • Como estabelecer empatia com o seu público.
  • Hábitos de leitura e leitura escaneada.
  • Design do corpo do texto.
  • Criando títulos para a internet.
  • Hierarquia de títulos e estilo.
  • Limites do texto.
  • Como conduzir e orientar o usuário através do texto.
  • Otimização de imagens e vídeos.
  • Fontes de tráfego.
  • Objetivos do webwriting.
  • Checklist de webwriting.

Curso de webwriting

Quando: 21 de setembro de 2013.

Onde: Instituto Rogério Castilho (Rua Dona Júlia, 177 – Vila Mariana).

Horário: das 10h às 17:30h.

Investimento:

Até 13/09 – R$ 300,00

Após 13/09 – R$ 350,00

Inscrições: http://www.eventick.com.br/curso-webwriting-sao-paulo

Mais informações: curso@enricocardoso.com.br

Não se convenceu ainda?

Veja o que rolou nas últimas edições do curso de webwriting

– O que rolou na 2º turma do curso de webwriting em Santos.
– Veja mais sobre o curso de webwriting em Santos.
– O que rolou na primeira turma do curso de webwriting em São Paulo.
Anúncios

Webwriting e técnicas que ajudam a vender o peixe na Internet

Tudo o que você produz para seu site ou o site da sua empresa precisa ser atrativo não só para o usuário comum, mas também para o buscador usuário até você

Participe do workshop de webwriting promovido por Enrico Cardoso.

Participe do workshop de webwriting promovido por Enrico Cardoso.

Não adianta ter o melhor produto se você não consegue vende-lo, seja porque o comprador em potencial não chega a saber sobre ele, seja porque a forma como você apresenta o produto não trabalha a favor do negócio. Na Internet, isso é o que acontece com o conteúdo que publicamos.

Já parou para pensar que tudo o que você produz para seu site ou o site da sua empresa precisa ser atrativo não só para o usuário comum, mas também para a ferramenta de busca que leva o usuário até você?

E que mesmo que você consiga que seu conteúdo seja visto, ele ainda precisa ser “comprado” pelo visitante, seja convencendo o usuário a adquirir um produto ou serviço que você ou a sua empresa oferece, desenvolvendo sua imagem profissional ou a de seu negócio no mercado ou simplesmente gerando buzz com comentários e compartilhamentos?

Diversos estudos nas áreas de tecnologia e comportamento apontam as melhores formas de “vender seu peixe” na Internet, e levaram ao desenvolvimento de técnicas específicas e de eficácia comprovada para você não só conseguir capturar a atenção do usuário, como otimizar o resultado das buscas ao seu conteúdo e ainda obter um maior retorno com ele.

O conjunto de muitas dessas técnicas é reunido no que recebeu o nome de webwriting.

Webwriting: ferramenta para quem publica conteúdo profissional na Internet

Enrico Cardoso, fundador da excited, a primeira empresa nacional focada no uso de ferramentas como o storytelling e o webwriting na produção de marcas, explica:

Webwriting não se resume a redação para a web. É um conjunto de técnicas quemelhora o desempenho do conteúdo produzido, tanto em conversão quanto emresultados dos buscadores. Partindo de como escolher e abordar um tema até como aumentar a sua influência nos meios digitais, passando por métodos de escrita, otimização e diagramação, o webwritingé uma ferramenta de grande importância para pessoas e marcas na Internet.

Portanto, conhecer e aplicar estas técnicas é fundamental para profissionais que trabalham diretamente com a produção de conteúdo, como jornalistas, editores, publicitários e blogueiros; na área de tecnologia, como programadores e profissionais de TI; e para quem desenvolve sua marca ou identidade (pessoal ou empresarial) na web.

TIP promove workshop de webwriting em Santos

Uma ótima oportunidade para quem deseja se aprofundar no assunto e aprender a utilizar o webwriting a favor de seu conteúdo ou negócio é o workshop com Enrico Cardoso promovido pelo TIP, espaço de treinamento, inovação e pesquisa da agência santista Mkt Virtual.

O workshop acontece no sábado, 22 de junho, das 10h às 17h30 (com coffee break) e tem vagas limitadas. No curso, Enrico compartilha seus mais de sete anos de experiência profissional com conteúdo de forma dinâmico e 100% prática. O valor de inscrição é R$250, ou R$180 para o ingresso social, disponível com a doação de duas latas de leite em pó, que serão revertidas para instituições de solidariedade.

Mais informações e inscrições online na página do workshop de webwriting.

O TIP fica na Rua Dr. Carvalho de Mendonça, 238 – 7º andar, em Santos (SP). Conheça o espaço e todas as atividades realizadas em pensetip.com.br.

Se você quiser conhecer um pouco mais sobre a metodologia de webwriting e saber mais como ela funciona impulsionando conteúdo na internet, acesse a página do curso de webwriting de Enrico Cardoso.

Workshop de webwriting em Santos com Enrico Cardoso promovido pelo TIP.

Workshop de webwriting em Santos com Enrico Cardoso promovido pelo TIP.

Workshop de webwriting com Enrico Cardoso

Dia 22 de junho de 2013 (sábado), das 10h às 17:30h.

Local: TIP Rua Dr. Carvalho de Mendonça, 238 – 7º andar, em Santos (SP)

Inscrições: http://www.eventick.com.br/webwriting-tip-22-06-2013.

Mais informações: curso@enricocardoso.com.br.

Vem, gente!

Curso de Webwriting: Dominando a sua Influência Online

Enrico Cardoso realiza curso de webwriting para profissionais que querem ampliar seu alcance online

O webwriting é uma ferramenta de grande importância na criação da influência de uma marca ou pessoa na internet.

Isso significa que as técnicas de webwriting são responsáveis por ajudar a persuadir o cliente a comprar o seu produto, otimizar o seu conteúdo para que eles apareçam nos buscadores e acima de tudo, aumentar a sua influência na internet.

Os benefícios de um conteúdo bem concebido com as técnicas de webwriting não são apenas mais leitura, ou aumento no número de visualizações, mas sim uma maior conversão e melhor desempenho nos resultados dos buscadores.

Engana-se quem pensa que webwriting é apenas um processo de redação para a web. Webwriting, mais do que isso são técnicas de produção e otimização de conteúdo para aumentar o poder de persuasão de um texto ou um estudo online.

Através de um processo de webwriting é possível melhorar o número de conversões de uma página web: seja para fazer alguém preencher um cadastro, fazer o download de um arquivo, ou até mesmo comprar mais.

O webwriting é uma peça fundamental em um argumento bem construído na internet e, com ele, o desempenho de um website pode aumentar os resultados de forma espantosa.

Curso de webwriting

Por esse motivo, eu quero convidar você para participar do meu curso de webwriting intensivo: “Dominando a sua influência online” e acredito que depois desse curso você poderá tirar maior proveito das técnicas para ampliar a sua influência online.

O curso acontecerá no dia 04/05 – sábado e vamos falar o dia todo sobre as melhores práticas de webwriting para melhorar o seu desempenho online.

Se você é jornalista, editor de conteúdo, marqueteiro, publicitário, curioso, profissional de TI, programador, ou simplesmente tem interesse sobre como o tema pode ajudar você a melhorar o seu desempenho online, trazendo mais conversões pro seu site, ou pro dos seus clientes, e também otimizar o seu conteúdo para ser encontrado pelos mecanismos de busca, esse é o curso certo para pra você.

O curso é totalmente prático e sem lenga lenga. Durante o curso você vai aprender as mais recentes e eficazes técnicas de webwriting para fazer com que o seu conteúdo chegue nas pessoas certas através de métodos de escrita, otimização e diagramação de conteúdo.

Se você não tem criatividade, ou não sabe por onde começar a escrever, o curso de webwriting vai abordar desde como conseguir escrever sobre assuntos quentes sobre o seu tema, até como aumentar as visitas de seu site através do webwriting.

Programa do curso de webwriting

Durante o curso você vai aprender:

  • O que é webwrinting?
  • Os princípios do webwriting.
  • Como tornar a leitura mais confortável e atraente.
  • Como escolher um tema para escrever.
  • Como estabelecer empatia entre seu texto e o usuário.
  • A leitura escaneada e os hábitos de leitura.
  • Criando títulos para a internet.
  • Títulos, subtítulos, redação e palavras-chave.
  • Os limites de caracteres.
  • Como conduzir e orientar o usuário através do texto.
  • O papel das imagens e apoio multimídia.
  • Análise de sites e portais.

Informações sobre o curso de webwriting

Local: Pto de Contato (Rua Augusta, 2690 – Galeria Ouro Fino – São Paulo).

Data: 04/05/2013 (sábado).

Horário: das 8h às 18h.

Investimento:

  • R$ 403,00 (até 20/04).
  • R$ 493,00 (após 20/04).

Inscrições: envie e-mail com nome e telefone para: curso@enricocardoso.com.br.

Ou assista o vídeo abaixo, com mais informações sobre o curso de webwriting.

O curso de webwriting

O curso de webwriting ministrado por Enrico Cardoso já foi ministrado in company para diversas empresas com blogs corporativos, revistas online, portais e editores de conteúdo.

O resultado do curso de webwriting são os mais de anos de estudo, pesquisa e produção de conteúdo de Enrico Cardoso, com intensa pesquisa e aplicação técnica, medindo diariamente os resultados em clientes que Enrico já ajudou como consultor ou ghost writer a promover seu conteúdo usando técnicas de webwriting.

Todas as técnicas aplicadas no curso têm resultados 100% comprovados em portais de conteúdo, websites corporativos e blogs. Ao final do curso de webwriting, o objetivo é que todos os participantes saiam com o seu método de webwriting prontos para criarem conteúdo e aumentarem a sua influência online.

Se você não puder participar dessa primeira turma aberta, sugira uma data para a segunda turma ou leve este curso para a sua cidade. Para mais informações, escreva para: curso@enricocardoso.com.br.

Enrico Cardoso ministra primeira turma aberta do curso de webwriting

Enrico Cardoso ministra primeira turma aberta do curso de webwriting.

___

Este artigo foi postado originalmente no: http://enricocardoso.com.br/curso-de-webwriting/.

O Poder do Modelo Pay Per Fan e Facebook Ads

Entenda o que o modelo denominado Pay Per Fan pode agregar à sua fanpage.

No final de 2012 eu fui convidado pelo pessoal da revista Promo Insights para participar de uma matéria sobre o sistema Pay Per Fan e o seu crescimento aqui no Brasil.

O resultado foi uma excelente matéria na revista que vocês podem ver abaixo (a partir da página 22):

Além disso, seguem abaixo as minhas respostas às perguntas que o pessoal da Promo Insights mandou pra mim na íntegra.

#1. Você conhece o sistema Pay Per Fan? Como ele pode auxiliar as marcas que tem presença no Facebook?

Sim, conheço. O pay per fan é uma adaptação do modelo pay per lead.

Enquanto o pay per lead as empresas pagam a cada lead qualificado, no pay per fan, as empresas pagam a cada fã – teoricamente qualificado – que a marca ganha no Facebook. Esse sistema, em um primeiro momento acaba sendo vantajoso por permitir que uma fanpage ganhe fãs qualificados e faça a sua página aumentar o número de seguidores. Por um lado, com a promessa de que os fãs são qualificados e estão dentro do perfil dos usuários que a empresa quer atingir no Facebook acaba sendo uma grande sacada.

A síntese do pay per fan é justamente essa: conseguir seguidores qualificados, de acordo com o estudo de público-alvo da empresa, para a fanpage de uma marca. E, como o próprio nome já diz, a empresa só paga pelo lead qualificado.

#2.  Qual a diferença entre o Pay Per Fan e os sites que compram seguidores?

Quando uma marca compra seguidores para sua fanpage, ela não necessariamente está comprando uma pessoa que está interessada no que ela faz. Programadores que vendem esse tipo de serviço mascaram o curtir por trás de algum aplicativo que, muitas vezes não permite com que o curtidor saiba que está curtindo uma página.

Assim, esse público, em algumas vezes nem sabe como acabou curtindo aquela página. E, dificilmente vai acabar interagindo com uma marca que não curtiu por livre e espontânea vontade, o que significa que, além desse público não ter engajamento com a marca – e com isso não vai interagir com a página – acaba não tendo valor nenhum.

O que importa no social é justamente a qualificação. Uma pessoa que curte por vontade, e não por um script instalado em algum aplicativo, está muito mais propenso a dialogar com a marca e com a fanpage: curtindo, comentando e compartilhando. É justamente isso qua vai espalhar o conteúdo da marca no Facebook.

#3. Qual a importância do Facebook para o relacionamento entre marcas e consumidores?

As redes sociais não são centrais de atendimento ao consumidor. Mas, ao mesmo tempo são.  O Facebook é um canal para a marca dialogar com o consumidor. E é importante produzir conteúdo nos canais aonde os usuários estão.

Provavelmente, muitos dos fãs das marcas no Facebook são clientes e, aquele canal é um canal riquíssimo para conhecer o consumidor, seus hábitos, gostos de comportamento em geral. Isso significa que estar no Facebook é uma grande oportunidade de conhecer melhor e se aproximar dos seus consumidores, além de criar a reputação de uma marca online. Ao entender o comportamento dos seus consumidores e fãs, uma marca consegue interagir de maneira mais funcional com sua comunidade e, criar a sua reputação, espalhar o seu conteúdo e conversar com seus fãs.

#4. A eficácia da marca na rede social depende de fatores importantes como a qualidade do conteúdo gerado e a interatividade com o público. Como conseguir isso? O número de fãs de página influencia na eficácia das ações no Facebook?

Nas mídias sociais a grande sacada é: é muito mais importante ter meia dúzia de seguidores entusiasmados do que milhões de seguidores que pouco se importam com o que a marca produz. O número de fãs é importante e , obviamente quando construído de maneira limpa, mostra o quanto as pessoas gostam do que a empresa faz. Mas, é muito mais importante o índice de engajamento e interação do que número de seguidores.

Até porque o que importa no Facebook não é apenas o número de fãs, mas sim a frequência e o tipo de conteúdo que é produzido. Um estudo recente mediu a eficácia do conteúdo produzido pelas marcas na web. O resultado é que  pessoas mais compartilham no Facebook são, em primeiro lugar as fotos (com 70% dos compartilhamentos), seguido pelos links (14% dos compartilhamentos), atualizações de status (10% dos compartilhamentos) e vídeos (com 6% dos compartilhamentos).

O que isso tudo significa é: a frequência de atualização e o tipo de conteúdo são de grande importância para o engajamento dos fãs. Aliando o tipo de atualização certa, com o horário certo (o horário nobre do Facebook é 20:00h) e a quantidade de atualização certa, uma marca consegue a interatividade com os seus seguidores. E, quanto mais qualificado esses seguidores, melhor o resultado. Quando uma marca interage com uma base de fãs comprada, isso raramente vai funcionar.

Quando os seguidores são conquistados de acordo com o mérito da marca, da sua interatividade com os usuários e, a freqência do conteúdo, as ações têm muito mais chances de surtirem o efeito desejado de fazer as marcas fincarem com os dois pés a comunidade digital.

#5. Gostaria de acrescentar alguma informação sobre o tema?

Os canais digitas são uma oportunidade para que uma marca espalhe a sua história, crie a sua reputação online e interaja na comunidade aonde o seu público está inserido.

Facebook, Twitter e outras mídias sociais são canais aonde é possível ter uma conexão direta com consumidores e futuros consumidores. Diferentemente da TV ou de outros meios, aonde o público não pode interagir, a internet permite às marcas contarem as suas histórias e validarem aquilo que está fazendo em tempo real, para focarem no que realmente faz a diferença para o seu público.

Muito obrigado ao pessoal da Promo Insights pela matéria!

Enhanced by Zemanta

Storytelling: Como Transformar a sua Ideia de Negócio em uma grande História.

O storytelling pode ajudar a sua pequena empresa a se transformar em uma grande marca.

Empreendedores são pessoas sonhadoras. Assim como qualquer ser humano.

E, quando eles desenvolvem uma empresa, muito mais do que uma opção de ganhar dinheiro, ou criar fortuna, dentro daquele negócio temos uma realização pessoal.

Mas, no dia-a-dia competitivo, um empreendedor acaba esquecendo esse sonho, com a necessidade de matar diversos leões para fazer a sua ideia acontecer.

Eu preciso ser profissional, pensa o empreendedor. Preciso fazer as coisas acontecere e, esquecer esse sentimentalismo todo em torno do meu negócio.

E assim, diariamente o empreendedor vai se afastando daquele que era o seu ideal, o seu sonho quando iniciou o negócio, o que é uma pena. É uma pena porque as pessoas gostam de histórias vitoriosas: sacrifícios, desafios, problemas, erros.

As pessoas gostam disso. Elas querem sentimento.

O amor que o empreendedor tem pelo seu negócio e o sonho de que ele vire algo grandioso deveria ser sempre o diferencial de uma empresa. As declarações de missões, mais do mesmo e antiquadas deveriam dar lugar para um sonho: não a lucratividade, mas a felicidade.

As pessoas não querem mais ouvir apelos de compre! As pessoas querem mais sentimento, mais proximidade e, cada dia menos empresas com o único propósito de dar lucro serão questionadas.

As pessoas querem mais estórias histórias. E é pra isso que existe o storytelling aplicado aos negócios.

Sim. Storytelling é uma ferramenta capaz de transformar um negócio em uma história empreendedora, com desafios, superação e vitórias que transforma uma simples empresa em uma marca com sentimentos que toca as pessoas com uma mensagem.

Qual é a mensagem que a sua empresa quer deixar? Qual é o seu storytelling?

Por que ter vergonha de ter começado no quarto a sua empresa, se a Apple começou no sótão?

Por que ter vergonha de ter começado vendendo cachorro-quente e depois ter passado para sapatos se a Coca-Cola não começou como um refrigerante?

Por que ter vergonha de ter tido problemas com seus produtos se a Amazon.com teve vários problemas de estoque?

Por que ter vergonha de não ter grana pra levar a namorada pra comer uma pizza em um sábado se o Facebook começou com universitários duros?

Toda adversidade pode ser transformada em uma bela história. E toda empresa pode cativar consumidores, usuários e entusiastas em um storytelling incrível que crie evangelizadores da marca.

Belas empresas começaram tropeçando. Belas histórias sempre têm grandes desafios. Pequenas empresas têm sempre muitos problemas para resolver diariamente. Mas, o sonho, a vontade e a garra empreendedora não podem morrer perante ao dia-a-dia avassalador do negócio.

É uma história que vai transformar pessoas em fãs do seu negócio. É uma história que vai permitir à sua empresa criar uma reputação e tocar as pessoas. É uma história que vai tirar o foco de todo mundo do preço e colocar em outras coisas que realmente importam.

E, a única maneira de fazer isso é com o storytelling.

Eu adoraria que as pequenas empresas comprassem a ideia do storyteling. Essa é a única maneira de serem tão grandiosas quanto às grandes corporações.

Pensando nisso, eu escolhi o dia 13 de novembro para falar sobre storytelling em um webinar GRÁTIS.

Sim, eu vou falar sobre como uma empresa pode construir a sua história através de técnicas de storytelling inovadoras e funcionais e que vão ajudar e muito a criar a reputação e o legado da sua empresa.

Se você quer saber um pouco mais sobre o storytelling, da uma olhada no vídeo abaixo, que é da Martha Terenzzo, professora de storytelling da ESPM.

Storytelling: como transformar a sua ideia de negócio em uma grande história.

Data: 13 de novembro de 2012.

Horário: das 15:00h às 16:30h – 90 minutos.

Investimento: GRATUITO.

Faça já a sua inscrição no webinar storytelling: como transformar a sua ideia de negócio em uma grande história.

Local: na internet, no formato de seminário online. Você pode assistir em qualquer lugar com conexão à internet.

Palestrante: Enrico Cardoso é apaixonado por marketing e branding digital, Enrico Cardoso é profissional de storytelling e acredita que toda empresa tem uma única oportunidade de se transformar em uma grande marca: contando histórias e cativando os consumidores com seus sonhos e pretensões.

Convite webinar storytelling

Clique na imagem para fazer a sua inscrição.

___
Créditos da foto: Maarten Schäfer – Storyteller. Conheça mais sobre o o seu trabalho em: aroundtheworldin80brands.wordpress.com. Leia o texto original em: http://enricocardoso.com.br/storytelling-artigos/storytelling-como-transformar-a-sua-ideia-de-negocio-em-uma-grande-historia/.

O que House tem a Ensinar Sobre Empreendedorismo?

O que o médico mais amado e odiado do mundo tem a ver com o empreendedorismo?

Bem, a premiadíssima série House foi embora. Não sabemos se para sempre mas, por enquanto ela acabou.

E, nesses oito anos de House tivemos muitas lições de empreendedorismo com o jeito meio controverso de liderança do Dr. Gregory House.

Por isso, nós do CINEBusiness resolvemos fazer uma homenagem a House e ao seu lado empreendedor. Mostrar que sentiremos saudade do médico rabugento que faz todo mundo ao seu redor odiá-lo e, no final é uma pessoa sozinha.

House pode nos ensinar sobre empreendedorismo, talento, humildade e disciplina.

Empreendedorismo para se destacar e ser notadamente o melhor da sua área – que fazia com que todos tivessem que engoli-lo -, talento – que é inegável, e absolutamente percebido em todos os episódios -, humildade – que ele não tem, ou não parece ter -, e disciplina – rotina, rotina, rotina, rotina.

Sentiremos falta de House não porque ele era inteligente, engraçado, controverso e irritante. Sentiremos falta de House porque ele tinha o empreendedorismo nas veias e, construiu sua carreira APESAR de ser uma pessoa impossível de se conviver.

Quer maior exemplo de empreendedorismo?

Pensando nisso, o CINEBusiness, em homenagem a House e ao seu lado empreendedor decidiu estrear o seu ciclo de Webinars falando sobre a influência de House no empreendedorismo. E, principalmente, o que House tem a ver com o empreendedorismo.

Portanto é com grande orgulho que o CINEBusiness convida você para assistir ao webinar “House e a Revolução do Empreendedorismo”.

No webinar sobre House e o empreendedorismo você vai ver as características empreendedoras que fazem com que House seja uma pessoa fora do normal.

Se você gosta de House, gosta de empreendedorismo e gosta do CINEBusiness esse evento é indispensável para você!

Assista, no dia 24 de Julho, gratuitamente ao webinar “House e a Revolução do Empreendedorismo” e veja com outros olhos do médico mais polêmico e empreendedor de todos os tempos.

Para fazer inscrição para o webinar sobre House e o empreendedorismo você ir até o site da AulaVox ou clicar no e-convite abaixo.

Nos vemos dia 24 de Julho às 20:00h para falarmos sobre as ideias de House e o que elas têm a ver com empreendedorismo.

House e a Revolução do Empreendedorismo.

Data: 24 de julho de 2012.

Horário: 60 minutos. Das 20:00h às 21:00h.

Investimento: GRATUITO.

Faça já sua inscrição no webinar House e a Revolução do Empreendedorismo!

Local: Internet, no formato de webinar. Assista em qualquer local com conexão à internet.

Palestrante: Enrico Cardoso tem 27 anos, é editor e idealizador do CINEBusiness. Idealizador do manifesto do empreendedorismo acredita muito em um aprendizado 360º do empreendedorismo, aonde não apenas livros e cursos fazem pessoas mais empreendedoras, mas também rotina e convivência. Junto com mais 14 colaboradores compõe a galeria de autores do CINEBusiness escrevendo sobre empreendedorismo para mudar o mundo.

Sobre o CINEBusiness: O CINEBusiness é um projeto que usa o cinema para disseminar o empreendedorismo entre as pessoas. Nós acreditamos que pessoas mais empreendedoras são formadas por não apenas conhecimento, mas bagagem cultural.

Convite Webinar House e o Empreendedorismo - CINEBusiness | Cinema e cultura com um toque de empreendedorismo

Clique na imagem para fazer a sua inscrição!

Esse post foi originalmente postado no CINEBusiness. Se você ainda não conhece o projeto, delicie-se no melhor projeto sobre empreendedorismo com cinema do país.

Como Escolher um Notebook.

Na Sexta-Feira o Lala fez a sua estréia nos webseminários da ArmRebel, falando sobre um tema que coloca muita gente em dúvida: “Como Escolher o Melhor Notebook”. Muita gente compra um equipamento aquém ou além daquilo que precisa. Afinal, com tanta oferta por aí, não é fácil saber o que é melhor para você. Você pode conferir os slides da palestra do Lala logo abaixo. Ainda essa semana o áudio estará disponível e, quem perdeu, vai poder ouvir.