Design Intuitivo.

Anúncios

Você e a Mídia Social.

A mídia social inicia o ano de 2010 mais do que presente na vida das pessoas. No lazer, nos negócios, no networking. Aumentando a forma de compartilhar conhecimento, aumentando as possibilidades de comunicação, disseminando informação e, obviamente, se transformando em um vício para as pessoas.

Sendo assim, se você está disposto a evoluir, tem que aceitar a presença disso na sua vida. Sem fugas, sem medos, sem preconceitos. Se você quer um exemplo das mil-e-uma utilidades das mídias sociais, pelo Twitter se pode, além de conseguir leitores e seguidores (o que já é bem proveitoso), conseguir contatos de trabalho – vagas são anunciadas a todo momento por lá  e, inúmeras empresas de RH tem um Twitter para, além de divulgas oportunidades, saber o que os potenciais candidatos aos empregos pensam e dizem. Além disso, por lá é possível estar próximo a um grande líder de uma corporação, do presidente da empresa em que você sonha em trabalhar e, essa poderia ser a forma mais fácil de se aproximar. Até apartamento já foi vendido pelo Twitter.

E então, alguma dúvida de que as mídias sociais vieram pra ficar?

Se você está atrasado, veja abaixo algumas maneiras de levar a sério a mídia social:

1. Pare de contar fãs, seguidores, e assinantes do seu blog como cabeças de gado. Pense, ao invés disso, sobre o que você está esperando conseguir através deles e com a comunidade que realmente se preocupa com o que você está fazendo;

2. Aprenda a medir as coisas, e parar de dar desculpas das coisas que você não está fazendo. Saiba qual o  resultado a sua presença está lhe proporcionando. Saiba medir e, parar de dar desculpas pelas coisas que não está fazendo. Arregace as mangas e comece o trabalho;

3. Saiba o que os estudos de caso pode e não podem fazer por você. Pare de dizer que não há bastante deles e procure casos semelhantes com o seu. Vá ao Google e procure como aumentar os leitores do seu blog; como atigir pessoas de um outro estado; procure como o Orkut, o YouTub ou o Facebook aumentou o faturamento de uma empresa concorrente. Busque inspiração e solução e saiba o que fazer e o que não fazer;

4. Entenda a diferença entre fazer um case de negócios de mídia social e seguir moda. Se você não sabe como explicar quais os impactos da social mídia fora da empresa faça um esforço para aprender ou para descobrir. Caso contrário, nada fará sentido;

5. A mídia social não faz milagres. Você precisa produzir, criar, recriar e repassar conteúdo. Reputação é a única coisa que vai lhe ajudar a abrir algumas portas. Nada de preces ou milagres;

6. Utilize a mídia social metodicamente e com o mesmo cuidado que você faria com qualquer outro negócio de investimento que você faz. Analise todos os riscos, meça as oportunidades e seja pragmático o suficiente para saber onde investir;

7. Saia para o jogo, antes que ele comece e você não perceba. Faça apenas aquilo que condiz com 0 seu negócio. Seja coerente, fale apenas o que você faz, e faça apenas o que fala;

8. Pensar a longo prazo, e se comprometer com ele. Você não terá milhares de amigos de uma hora pra outra. Muito menos, milhares de seguidores. Trabalhe no agora, pensando no futuro. Pense no longo prazo sempre. Aja hoje, com o foco no que aquilo pode desencadear daqui a um ano. Futuro sempre;

9. Concentre-se no que você é bom. Conheça o seu core business e busque potencializá-lo através da social media. Não saia atirando pra todos os lados.

10. Reconheça que erros não devem lhe paralisar. Reconheça que existem maneiras de se recuperar. Ter um plano para se levantar é a chave, ao invés de tentar evitar o fracasso em todos os custos (incluindo estagnação).

20 Blogs que Todo Empreendedor Deveria Ler.

O objetivo desta lista é mostrar 20 referências úteis, pensativas, e fontes potencialmente lucrativas de notícias e idéias. Cada um destes blogs são executados por pessoas físicas e empresas líderes e, juntos, eles podem ajudar a fazer a diferença  na sua aprendizagem diária.

Nem todos esses blogs são sobre empreendedorismo, ou mesmo negócios, mas todos eles são bem escritos e, definitivamente, a pena olhar.

Abaixo segue a lista sem nenhum ranking; de uma forma totalmente aleatória.

1. OnStartups. Escrito por Dharmesh Shah, OnStartups é um blog sobre empreendedores e novas empresas, principalmente no espaço on-line. Há bastante informação boa e, pelo menos, algumas ideias novas a cada leitura.

2. How to Change the World. Este é um blog escrito pelo ex-evangelista da Apple e Venture Capital Guy Kawasaki. Após ter lançado vários empreendimentos pessoalmente, e financiado várias empresas, ele é definitivamente a pena ouvir.

3. VentureBeat. Um pouco inclinada ao mundo offline, VentureBeat vale a pena ler. Todo o conteúdo é bem escrito e bem pensado.

4. Mashable. Um dos maiores blogs focados em Mídia Social, Mashable é muitas vezes preterido por empresários sérios. MAS, este blog tem muitas notícias de última hora de negócios e informações que podem acabar sendo extremamente útil para qualquer um lidar com a mídia social.

5. YCombinator’s. YCombinator é um site de uma empresa que reúne inúmeras companhias de venture capital para projetos online. Empresa da famosa Jessica Livingston (de Startup, o livro).

6. Scobleizer. Scobleizer é um dos primeiros blogs de tecnologia escrito pelo sempre controverso Robert Scoble. É um blog cheio de opiniões e pareceres que são freqüentemente contrária à outras fontes de informação. Por essa razão, é uma boa leitura.

7. ReadWriteWeb. Este é outro blog que cobre notícias febris de startups de negócios. Tem um monte de boas informações e, freqüentemente cobre os últimos acontecimentos no mundo da tecnologia.

8. ValleyWag. ValleyWag é um blog que segue os altos e baixos do Vale do Silício. Para empreendedores de tecnologia, este blog é sem dúvida uma leitura obrigatória.

9. A VC. A auto-descrição desse site é “Reflexões de um VC em NYC”. Este blog é um dos melhores recursos para quem quer respirar alguma sabedoria de um investidor experiente.

10. The Eco Capitalist. Escrito por Tom Szaky, CEO da TerraCycle, este é um blog sobre a quebrar as regras e sobre negócios baseados em torno de ideais ecológicas.

11. Signal vs Noises. SVN é o blog da popular empresa 37signals. Como uma das maiores e mais bem sucedidas startups dos últimos anos, eles têm muita informação útil para partilhar com outros empreendedores.

12. Seth Godin’s Blog. Escrito pelo dez vezes best seller Seth Godin, este é um blog sobre marketing, mercados, e como as pessoas pensam. É também um blog que todo empreendedor deve dar uma olhada.

13. Tim Berry’s Blog. Este é um blog escrito pelo cara por trás do popular  “Business Plan Pro” software. Há muito mais opinião e anúncios por lá do que notícias, mas a fonte é muito bem informada.

14. Work Happy. Uma coleção de ferramentas online e recursos para os empresários, Trabalho Feliz é, definitivamente um blog valioso para visitar. Não é atualizado com muita frequência, mas o conteúdo, de qualquer forma vale a visita.

15. Information Arbitrage. Information Arbitrage é um site escrito por um investidor de Wall Street que virou empresário Web. É financeiramente técnica, e fornece uma grande quantidade de conhecimento do negócio.

16. The Netsetter. Escrito pelo CEO da Rede Envato, Collis Ta’eed, este blog fornece uma visão sem precedentes sobre os pensamentos de um empreendedor online bem sucedido.

17. Startup Company Lawyer. Este é um blog que fala sobre os aspectos jurídicos da gestão de uma nova empresa. Esta informação é escassa, e pode definitivamente dar um impulso aos potenciais empreendedores.

18. Get Elastic. Get Elastic é um blog sobre e-commerce, e sobre como prospectar clientes na Web. Se o seu plano de negócios envolve este tipo de conversão, então este blog é uma leitura obrigatória.

19. Lessons Learned. Escrito por Eric Ries capitalista de risco, este é definitivamente uma leitura obrigatória. Os temas variam consideravelmente, e cada post é cheio de boas informações.

20. GrokDotCom. Este é um blog de uma conversão e otimização da empresa FutureNow, Inc. Centra-se na usabilidade, conversão e otimização global de uma variedade de sites diferentes.

Como Começar um Negócio na Web?

A lista abaixo foi elaborada por Loic Le Meur’s, no TechCrounch, e dá DEZ dicas de como iniciar um negócio pela web.

1. Não espere por uma idéia revolucionária. Isto nunca irá acontecer. Apenas foque numa simples, empolgante, e faça o mais rápido possível. Idéias revolucionárias dificilmente irão aparecer de início, normalmente as idéias irão amadurecer com um tempo ou serão melhoradas quando você começa a compartilhar suas idéias com outras pessoas. Sinta-se motivado para fazer acontecer a sua idéia e comece a perceber se as pessoas que estão ao seu redor também estão.

2. Compartilhe suas idéias. Quanto mais você compartilha, mais você recebe conselhos e aprende.Encontre e converse com seus concorrentes. Quando você conversa com as pessoas sobre sua idéia sempre surgirão críticas e sugestões, o ideal é que você consiga sempre captar esse feedback das pessoas para melhorar a sua idéia. Encontre seus concorrentes, vejam aonde existe oportunidade, entenda do mercado e saiba das dificuldades. Caso não existam concorrentes, pergunte-se porque eles ainda não existem.

3. Faça uma comunidade. Use blog e software sociais para ter certeza que as pessoas sabem sobre você. Comece a criar uma comunidade ao seu redor que possa ajudar com a sua idéia, quanto mais pessoas souberem de você e de suas idéias mais fácil será para divulgá-la.

4. Escute sua comunidade. Responda perguntas e faça seu produto com o feedback deles. Sempre mantenha o foco nas pessoas que irão utilizar o seu produto. Se o seu produto não traz nenhuma melhoria ou valor para as pessoas elas simplesmente não utilizarão o seu produto.

5. Reúna uma grande equipe. Selecione aqueles com habilidades bem diferentes das suas. Procure por pessoas melhores que você. Caso sua equipe seja composta por pessoas de mesmo perfil que você, facilmente sua equipe cometerá os mesmos erros que você e não conseguirão ver soluções alternativas que poderiam melhorar o seu produto.

6. Seja o primeiro a reconhecer um problema. Todos cometem enganos.Torne o problema público, aprenda sobre ele e faça a correção. Você cometerá erros sempre, aprenda com eles!

7. Não gaste tempo em pesquisa de mercado. Publique as versões de teste o mais cedo possível. Continue melhorando o produto já publicado. Alguma pesquisa de mercado é necessária, mas apenas o necessário para você se situar no mercado e começar a sua idéia.

8. Não seja obsessivo sobre tabelas de plano de negócio. Elas não irão acontecer exatamente como você havia planejado, em nenhum caso. Você deve ter em mente o seu planejamento, mas você deve ser maleável o suficiente para se adaptar e aprender com os imprevistos que irão acontecer ao longo do caminho.

9. Não planeje um grande esforço de marketing. É muito mais importante e poderoso que sua comunidade ame o produto. Se você tem um produto bom o suficiente, as pessoas que utilizam o seu produto naturalmente irão divulgar o seu produto, faça com que as pessoas seja o seu maior marketing.

10. Não foque em ficar rico. Foque nos usuários. Dinheiro é uma conseqüência do sucesso, não um objetivo. Se o seu produto agrega algum valor aos usuários, o lucro ocorrerá naturalmente como uma recompensa.